Sem categoria

Nota de esclarecimento.

Caros leitores, para melhor atendê-los estou renovando algumas publicações do blog. Retornarei ainda esta semana, com o mesmo carinho de sempre trazendo textos meus, textos de pessoas a quem admiro e sigo, nesta minha jornada de autoconhecimento e desenvolvimento profissional. Todas as vezes que eu citar um texto que não seja autoral, será com o intuito de levar o melhor conteúdo, sempre visando enaltecer o trabalho de outros profissionais, em quem me inspiro e a quem admiro. Minha gratidão especial para minha mentora Vânia Lúcia Slavieiro, do Instituto de Bem Com a Vida, cujos textos e ensinamentos valorosos sempre apresentei aqui, colocando devidamente a fonte, fazendo questão de divulgar assim conhecimentos que também tem sido valorosos em minha própria vida. Muitas vezes inclusive incentivada por ela. Nada melhor do que ter alguém em quem se espelhar, por sua generosidade, amorosidade ao ensinar, e especialmente pelo seu cuidado em não ofender ou rebaixar ninguém. Para todas as áreas em que atuo, tenho incansavelmente me preparado, com investimento em cursos, leituras e contando com apoio de pessoas que tem me ensinado o quanto é maravilhoso vivenciar a minha missão. Sou muito grata por sua companhia caro leitor, nesta jornada de seguir transformando a minha e outras vidas. Aprendendo………. Mari Santana Terapeuta & Coach

Renovando-se, Sem categoria

Reimprint – A transformadora linha da nossa vida.

Caros leitores, hoje vou relatar minha experiência pessoal com esta extraordinária técnica de PNL (Programação Neurolinguística), chamada Reimprint ou Linha do Tempo.

Desde o início dos meus estudos de PNL por volta de 2015, eu obtive na minha vida uma mudança incrível, sempre muito brava, nervosa e irritada, quando iniciei esta trajetória não imaginava o quanto seria transformadora para mim e para todos que me rodeiam.

Muitas foram as técnicas, pois ao longo dos anos de estudo aplicávamos uns nos outros, e fui limpando muitos padrões de comportamento, me acalmando, e até em casa os comentários eram de que melhorei e que estava até estranha de tão calma rsrs.

Mas havia algo que não conseguia resolver, uma dor tão profunda que parecia uma ferida aberta no coração, meu pai biológico havia deixado minha mãe ainda grávida de 7 meses, ela casou-se novamente e então seu marido se tornou meu pai, já aos 19 anos me tornei mãe solteira, e novamente estava sem pai, pois o pai que me criou não aceitou minha nova condição e me desprezou severamente, aos 21 anos conheci meu pai biológico em um encontro rápido e sem maiores possibilidades de intimidade.

Enfim, não foi fácil muitas mágoas dores, pessoas malvadas envenenando os relacionamentos, o tempo passou e me amargurou muito, me tornei uma pessoa dura e que pouco acreditava na felicidade e no amor. Um sentimento de ser incompleta, não havia como explicar, isto tomou conta de mim durante boa parte da minha vida.

Era sábado pela manhã, eu me preparava para mais uma aula do curso de Pós Graduação em PNL, estava super animada pois amo estudar (mesmo rsrsr), nem lembrava mais destas dores que deixei caladas em um canto do coração, sem olhar, sem dar atenção. A professora pede um voluntário para uma técnica chamadas Reimprint, eu de pronto me habilitei, sempre adorei passar pelos processos, pois assim tenho a vivência prática necessária para ajudar meus consultantes.

O QUE É REIMPRINT??

Técnica que consiste em revisitar momentos vividos no passado, levando para estes acontecimentos novas informações emocionais, novas sensações e ressignificação de fatos, trazendo nova visão e compreensão do que foi vivenciado no passado, podemos dizer que consiste em um dos processos de regressão utilizados em consultório.

E assim foi comigo, palavras não teriam o poder de expressar o que houve naquele dia, pude ver minha história de ângulos ainda não imaginados, me coloquei no lugar de “meus pais (biológico e de coração)” e especialmente, pude tratar e curar a ferida que há tanto estava aberta. Como resultado em pouco tempo meu coração estava leve, senti a necessidade de reaproximação com meu pai do coração, e o resultado foi surpreendente pois ele estava muito mais aberto a aceitou de pronto me recebendo com um carinho que eu não lembrava mais, isto após 20 anos de conflitos.

Baseada nesta aproximação com ele comecei a sentir também a necessidade de rever a história com meu pai biológico, ele já falecido há 18 anos, mas meus irmãos ainda estavam lá, filhos de meu pai, que eu nem conheci, não convivi e pouco sabia, em Setembro decidi encarar de frente esta parte da minha vida, e embarquei em uma viagem rumo a desconhecida história de meu pai.

O pouco que eu sabia não era agradável, e isto sempre nos distanciou, como eu e meus irmãos tínhamos contato pelo facebook, avisei que iria em Janeiro/2019.

Começa a minha jornada……

Chegando ao Aeroporto de Aracaju – Pernas bambas

Não sabia o que encontraria, uma tia irmã de meu pai sempre me falou que ele não lembrava que eu existia, que os filhos dele jamais me reconheceriam, que ele simplesmente me excluiu, então já da para imaginar meu receio. E da mesma maneira ela envenenava ele lá.

O encontro foi incrível, surpreendente e extremamente cheio de amor, encontrei uma história muito diferente, pessoas amáveis, e parecidas comigo fisicamente, no temperamento, até nas risadas escandalosas rsrs, minha família agora estava completa, soube tanto do meu pai, um pai que a vida inteira quis contato comigo, mas que pelas adversidades da vida e pelos venenos alheios também não teve oportunidade de fazer melhor do que fez.

Aliás este é um dos pressupostos da PNL, todos fazemos o melhor que podemos com os recursos emocionais que possuímos naquele momento, ou seja, meu pai biológico e meu pai do coração, ambos em cada tempo fez o melhor que podia, cada um me trouxe recursos e aprendizados que jamais conseguiria de outra maneira,

Aceitar a minha história, a minha jornada e também a jornada dos meus pais fez com que minha trajetória se tornasse completa, fez valer a pena tudo que vivi até hoje, nunca fez tanto sentido como faz agora a frase, “Muda que quando a gente muda o mundo muda ao nosso redor”.

E foi assim que após uma aula maravilhosa me tornei mais feliz!

Seguem algumas das fotos da viagem, de meus irmãos de Sergipe, dos meus irmãos de Curitiba, minha mãe, minha mãedrasta, enfim agora sim completo o álbum :

Meus irmãos de Curitiba e minha mãe

Toda esta história contada nesta publicação não seria possível se não tivesse ressignificado minha história, hoje posso dizer estou curada.

Quando você puder contar sua história sem chorar, sem dor, você estará curado!

Gratidão é a palavra …  À Deus, aos meus pais, e a minha mãe, Dona Ilda, Eraldo,  sem falar meus 5 irmãos 

(Digão, Pipoca, Sandrinho, Fefe, e Roseli) que me fazem transbordar de alegria me vejo em cada um deles.

Um abraço com aroma de perdão do Nardo.

Mari Santana,

Dicas da Mari, Motivação, Sem categoria

O grande poder das perguntas! Determine objetivos.

questions-2245264_1920

Conhecido na PNL como Metamodelo de Linguagem, a arte de fazer perguntas poderosas é uma excelente ferramenta de se fazer a pergunta certa, no momento certo.

Essa habilidade é extremamente relevante no que diz respeito a compreender melhor o outro e, também, determinar com mais objetividade suas metas. Ou seja, refletir sobre seus objetivos e aprofundar seu autoconhecimento. Com os exemplos de perguntas certas que trarei neste texto você irá melhorar seus diálogos, negociações, atendimento ao cliente, relacionamentos em geral e muito mais! Acompanhe:

“A pergunta certa é geralmente mais importante do que a resposta certa à pergunta errada. ” (Alvin Toffler)

Para começar é de extrema relevância que você:

  • Explore novas oportunidades;
  • Questione os padrões limitantes;
  • Identifique a falta de foco;
  • Determine assertivamente objetivos e metas a serem alcançadas;

Para que se possa ter êxito ao se fazer perguntas assertivas, 3 aspectos são fundamentais:

1- Estar no momento presente (Mente presente): Focar no que está acontecendo no agora, entrega total ao que estiver fazendo, com atenção, foco e energia.

2- Escuta ativa: Faz parte do estar no presente, focar a atenção na pessoa que se comunica com você naquele momento, dispensando Julgamentos e evitando distrações mentais que o afastem do foco da conversa.

3- Sensibilidade: Sensibilidade de perceber o estado emocional das pessoas e corresponder de acordo.

Lembrando que os três passos são aplicáveis também para si próprio, uma vez que estar no momento presente, escutar o seu sistema, seu coração, sua mente e seu corpo e ter sensibilidade consigo, são aspectos que irão favorecer e muito o seu autoconhecimento, facilitando a tomada de decisões, definição de objetivos e relacionamentos.

Mas, afinal meus amigos, o que é uma pergunta poderosa? É aquela que faz com que você:

  • Pare de andar em círculos e tenha novas opções;
  • Encontre uma nova compreensão de si mesmo, dos outros e dos acontecimentos;
  • Perceba suas capacidades e novas estratégias;
  • Encontre a coragem e direcionamento para entrar em ação;

Duas características importantes das perguntas poderosas são: Abrir novas estratégias para mudanças e nos conduzirem para o futuro.

Alguns exemplos de perguntas poderosas:

  • De que modo esse pensamento contribui para que você encontre a solução?
  • Se esta situação fosse uma chance para você virar o jogo a seu favor, o que você faria?
  • O que você, e só você, pode fazer para mudar esta situação?
  • O que você gostaria de ser, ter ou fazer daqui a um ano? Cinco anos? Dez anos?
  • O que você ganha se fizer isso? E o que perde se não fizer?

Para te ajudar na compreensão da importância das perguntas certas vou deixar uma reflexão. Ficarei no aguardo de suas respostas, você pode inclusive enviar pelo formulário que temos de contato no site!

Reflexão (tarefa) especificação de objetivo com perguntas poderosas:

  • Qual seu objetivo hoje? O que deseja especificamente?
  • Onde você quer que isto aconteça?
  • Quem participa deste objetivo?
  • Quando?
  • É alcançável?
  • Qual a evidência de que você atingiu o seu objetivo?
  • O que pode fazer ainda hoje para já caminhar rumo ao seu objetivo?

Mas se mesmo respondendo a essas perguntas você ainda tiver dúvidas, me envie uma mensagem. Podemos agendar um horário. Vou ajudar você a estruturar um planejamento completo para que seus objetivos sejam traçados e alcançados.

Com outras ferramentas de Coaching aliadas ao Metamodelo de linguagem você ganhará tempo e alçará voos nunca antes imaginados.

Abraço, Mari Santana

 

cropped-5122.jpg

 

 

 

 

 

Meu trabalho, Renovando-se, Sem categoria

O padrão limitante

hands-3460021_1920

A incrível jornada da minha vida iniciou há 41 anos atrás, por um longo período foi árdua, passei por momentos, épocas, situações e muitas coisas que marcaram profundamente minha vida, lembro-me que desde a adolescência as coisas não eram muito fáceis, eu era aquela garota que ganhava kixute dos primos, roupas das amigas, e que por um longo período usou cadernos cedidos pela escola, vivíamos outros tempos, se hoje a economia nos proporciona apertos, na época da minha infância e adolescência batíamos de frente com dificuldades que hoje são inimagináveis, os pais lutavam, batalhavam mas era muito difícil.

O tempo passou e crescer com tantos sonhos e poucas possibilidades financeiras não era algo que se possa chamar de confortável, mas havia em nós uma garra tão grande que foi nos acompanhando ao longo da jornada de vida.

Lembro que ainda muito nova aprendi a reclamar da vida, resmungar e me considerar desafortunada, e um longo período da vida foi assim, hoje entendo que quando tudo está ruim, focar nisto só irá piorar rsrs e como piorava, não tinha dinheiro nunca, sempre uma vida complicada e apertada.

O tempo passou, outros infortúnios vieram, mas em um período maravilhoso da minha vida aprendi que havia uma fé, e que ela poderia me ajudar a mudar de vida, mudar minhas escolhas e fazer tudo novo, e assim foi em partes, mas sempre faltava algo, porque o que realmente precisava mudar estava muito enraizado, profundamente guardado em crenças limitantes, pensamentos padronizados e especialmente em atitudes sabotadoras. Estes padrões vão “colando” em nós ao longo da vida, e não nos apercebemos deles até que um dia passamos a ver os resultados negativos, sempre negativos que temos alcançado mesmo com empenho para obter o contrário.

Quando tive um encontro com a PNL (Programação Neurolinguística), foi libertador, aprendi a resignificar acontecimentos da minha vida toda, entendi que toda ação tem uma intenção positiva para quem o pratica, consegui me perdoar por escolhas erradas e também que era possível fazer escolhas mais assertivas.

O primeiro padrão limitante que encontrei em mim me assustou, “Você não é capaz”, aquela voz interna gritava e ecoava dentro de todo o meu ser atingindo a minha alma de uma forma tão dura que parecia real, eu me achava incapaz de realizar muitas coisas, e mesmo quando pensava de forma bem consciente “Mari você é capaz”, isto durava pouco tempo, porque acabava me sabotando e voltando para o comportamento.

Passei por um importante processo de autoconhecimento, que além de mudar a minha trajetória de vida me ajuda hoje a resignificar a história de outras pessoas, muitas vezes pensei que jamais mudaria o padrão, mas aprendi que podemos mudar todo e qualquer padrão limitante que possamos ter, se pode ser programado, pode ser reprogramado também.

Quando quebrei aquele primeiro padrão (aliás, muitos outros foram mudados) muitas coisas se transformaram, passei a acreditar naquela garota sonhadora que eu era, voltei a estudar, estou mudando o rumo da minha profissão, muitas pessoas entraram na minha vida e outras saíram, ficou leve a jornada, o que mais me emociona quando lembro de quantas etapas já venci, é saber que se não tivesse mudado o padrão estaria em uma constante redundância que me levaria sempre ao mesmo resultado frustrante.

muda

Encontrei processos maravilhosos, PNL, Psicoaromaterapia, Hipnose, EFT e especialmente aprendi a me amar, respeitar e perdoar completamente, porque se este amor e compreensão não partirem de você para Você, não adianta esperar que a realidade externa mude passivamente, tudo muda a partir de nós, ouvi uma frase maravilhosa que dizia “Muda que quando a gente muda o mundo inteiro muda ao nosso redor”, e é incrível como isto se faz real, após uma pequena mudança você verá uma nova jornada iniciando, novos rumos e consequentemente novos resultados.

Hoje tenho um projeto de transformação chamado Siga Transformando – A sua e outras vidas, com ele tenho levado para escolas e empresas treinamentos e palestras sobre comunicação empática, autoconhecimento, qualidade de vida e como usar a PNL a favor do clima organizacional.

Em meu consultório trabalho com diversas técnicas para autoconhecimento, relacionamentos, auto estima, valorização pessoal, resignificação da história de vida, cura de fobias e mudanças de comportamento, traumas etc…. irei realizar uma série de publicações ao longo desta semana, onde irei falar de vários processos que utilizo em atendimento, para que você possa conhecer.

Qualquer dúvida estarei a disposição, tenho a intenção de ser uma facilitadora no seu processo de transformação,  ajudando a alcançar resultados efetivos e viver a vida que você tanto merece utilizando melhor os próprios recursos internos.

Amanhã teremos uma publicação especial sobre:

PNL, O que é? Como funciona? E como esta maravilhosa ciência pode melhorar sua qualidade de vida!

Vamos seguir TransFORMANDO…….

Abraço perfumado…..Mari Santana

 

cropped-5122.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

Renovando-se, Sem categoria

Libertando-se da prisão…

rope-2322853_1920

Quando um cliente me procura, por mais terríveis que possam ser seus males, sei que, se ele estiver disposto a fazer o trabalho mental de modificar os velhos padrões, perdoar e perdoar-se, praticamente qualquer mal pode ser curado.

Trazemos padrões limitantes ao longo de toda uma jornada de vida, muitos nasceram em um lar “doente”, de relações adoecidas, e a cada ano de sua vida tiveram estes padrões de sofrimento, limitação, frustração sendo alimentados em seu inconsciente.

Já ouvi de muitas pessoas a afirmação de que para elas nada dava certo mesmo, ou ainda pessoas que simplesmente não imaginam como seria ter um novo padrão de pensamento e comportamento, que consequentemente lhes traria também novas experiências de vida.

Um primeiro passo importante é encontrar qual a crença limitadora, qual  o pensamento que você carrega inconscientemente, que tem trazido a auto sabotagem, e esta auto sabotagem faz com que você acredite que mereça algo, mas aja como quem não merece, ou ainda você acha que é sim capaz de realizar algo extraordinário, mas quando se percebe esta agindo de maneira a impedir que isto aconteça, e sim, é inconsciente.

O ato de perdoar…………….se

    Outro dia publiquei um vídeo a respeito do círculo do perdão, trata-se de um exercício que mudou minha vida e relacionamento com as pessoas, havia em minha vida um padrão de não conseguir perdoar, muitas coisas me marcaram ao longo da vida, que fizeram com que todo aquele amor que um dia talvez tivesse sentido escoasse como água do meu coração. Não precisava muito para eu “pegar raiva”, ou ainda simplesmente ignorar a existência do indivíduo, descobri através de um processo terapêutico, que trazia comigo a crença limitante de que “Se você perdoar, dará chance para fazer de novo, quem perdoa é fraco”.

Este padrão me afastou de muitas pessoas, acredito que toda ação tem uma intenção positiva para quem o pratica, e creio que proteção era a minha, não queria sofrer decepções novamente. Mas com isto entrava em um campo muito perigoso, que é o da generalização.

  • Quem disse que todas as pessoas irão aprontar com você?
  • Quem disse que perdoar é para fracos? Tem absoluta certeza disto?
  • Tem certeza absoluta que esta realmente afetando ao outro com sua falta de perdão?

Estas foram algumas das perguntas que aprendi a me fazer, aos poucos fui percebendo a verdade daquela frase popular que diz: “Mágoa é um veneno que você toma todos os dias um pouco, tendo certeza que está matando o outro.” Precisei me revirar do avesso, se foi fácil? Claro que não, e no início nem sabia por onde começar.

Foi quando criei o círculo do perdão, me comprometi comigo mesma de procurar uma pessoa com quem estivesse muito triste, e perdoá-la, claro que não sabia qual seria a reação, mas naquele momento estava preocupada em tirar de minhas costas o fardo que carregava, perdoar uma pessoa já aliviaria, e foi surpreendente, a partir daquela experiência outras pessoas foram vindo, e ficou mais simples a cada uma, pois eu já havia degustado a satisfação de ser mais livre.

Posso afirmar que: “Eu me tirei da prisão.”

E uma a uma todas as crenças que me limitavam foram sendo substituídas por crenças fortalecedoras, entendi que perdoar é para pessoas fortes, e que isto não me obriga e nem sentencia a conviver plenamente com a pessoa, mas me liberta, permitindo que eu siga com leveza, quanto ao outro, não posso me responsabilizar por outra pessoa que não seja eu mesma, o que tenho a capacidade de fazer é aliviar meu caminho permitindo ao outro que faça o mesmo se assim achar melhor.

Seja qual for a crença que te limita, ela pode ser alterada, vou confessar que hoje tenho mais fé em Deus que antes, depois que conheci a capacidade do inconsciente humano em trazer novos recursos, percebi que  Deus é ainda mais magnífico do que eu em minha pequenez imaginava.

Olhe para dentro de si………… o que esta te limitando?

Posso te ajudar…………. vem conversar comigo.

Grande abraço, Mari