Coaching e Desenvolvimento, Motivação

Separação a dor solitária

Os primeiros momentos são como um filme em que você volta várias vezes para ter certeza se realmente viu o que viu, ou ouviu o que ouviu, ficamos céticos, parece brincadeira, ou ousadia do destino interferir em algo tão definido, certo, decidido.

Aos poucos você se vê inundado de um não sei o que de sentimentos, raiva, frustração, medo, culpa, vergonha, dor e nostalgia, é como se tudo aquilo não pudesse acontecer com você, logo com você que tinha tantas certezas, tantos projetos, sonhos e dependências, sim, dependências, emocional, afetiva, daquela presença que estava ali constante, e então, começa a saudade, sim imediatamente, a saudade do que foi vivido e especialmente do que ainda se poderia viver.

E começa então uma corrida insana, para recuperar o tempo perdido, mas o desgaste já não permite reparo, os dias vão passando é como se a areia movediça tomasse conta de seus pés e os pensamentos fossem tantos que mesmo todo o céu não permitiria compreender sua extensão.

E começa a parte mais difícil, saber que todos vão saber que você falhou, que seu sonho não aconteceria mais, os primeiros pensamentos são e agora? Quando perguntarem e o fulano? Como me adaptar a fazer tudo sozinha(o)? E meus filhos como ficam? Vou envelhecer sozinha(o), nunca mais conseguirei amar; Acabou, sim acabou……

É neste momento que muitas vezes se manifesta a síndrome do coração partido o sentimento de que a vida não irá continuar após tanta dor…

Talvez você esteja se perguntando como posso saber que é assim, afirmo que passei por todas estas fases, e na experiência que tenho tido com meu trabalho identifico cada vez mais este processo acontecendo com homens e mulheres, sim mulheres, homens também sentem o final de uma relação.

A parte mais difícil é sempre o recomeçar, estamos desacreditados do amor, sem motivação e sem esperanças de conseguir um dia ver as coisas de forma diferente.

Mas existe sabedoria no tempo, e ele passa, e com ele vão-se também as dores, ficam algumas marcas e aprendizados, mas sim, é possível superar e permitir-se viver e sorrir novamente.

Lembro que quando passei pelo divórcio, sentia que não era mais possível sonhar com um relacionamento, algo havia quebrado de uma maneira que parecia irremediável, perdi a autoestima, e a autoconfiança baixou quase a zero, tinha muito medo de como seria enfrentar a família, amigos, como seria estar sem ele para me apoiar? Eu vinha de um grave problema de saúde, que transformou meu ex marido em um irmão, foram anos de uma luta incansável para que eu me recuperasse, e quando finalmente me recuperei, ele não e eu não éramos mais os mesmos, ele percebeu antes, eu só percebi naquele dia, em que ele falou que não poderíamos continuar o casamento.

Temos hoje um número gigantesco de pessoas que passam por processos semelhantes, alguns bem traumáticos, no meu caso confesso, que foi muito mais difícil desapegar pela dependência emocional que a doença criou em mim com relação a ele, pois dependi por muito tempo até para conseguir caminhar direito, e durante todo este período tive um parceiro e um amigo incansável, mas a paixão se esgotou, saímos ambos machucados, não foi uma fase fácil, pois eramos considerados por muitos o casal perfeito, e eramos, pois fomos perfeitos um para o outro enquanto foi possível.

O tempo passou e o que restou daqueles terríveis momentos foram lembranças e aprendizados, entre eles, que não podemos depender emocionalmente de ninguém que não seja nós mesmos, que a autoestima e a autoconfiança são bens preciosos, que na hora da angústia os amigos são poucos e os juízes são muitos, e especialmente que tudo passa até a dor.

Este é o período ideal para que você comece a se conectar comigo mesma(o), quando vivenciei este momento busquei primeiramente na fé um alicerce para continuar, posteriormente busquei sites, livros, palestras que me ajudassem a entender o que acontecia comigo internamente.

Baseada naquela fase tão especial da minha vida separei algumas dicas para você que talvez esteja passando por este momento, e se puder te ajudar ao menos a encontrar novas alternativas, já ficarei muito feliz, foi inclusive com elas que consegui superar, recomeçar e até me casar novamente, encontrei um novo amor, que me fez ver a vida de outra maneira, vivemos em harmonia e sem as sombras do passado, e em harmonia com o ex marido, que hoje é um irmão para mim, pois o fato de não existir mais amor no nosso caso não apagou todo respeito e consideração que foram conquistados em longos anos de convivência. Se isto se aplica a todos os casais? Não, claro que não, pois quando há traição, desrespeito ou agressões fica muito difícil se manter um bom relacionamento, mas acredito que as dicas a seguir, seja qual for seu caso lhe ajudarão nesta jornada de recomeço:

  • Reveja sua vida: Faça um levantamento de tudo que deixou de fazer nos últimos anos, metas, projetos e até aquela comidinha que você sempre gostou mas não faz mais, retome, se permita ter um momento só seu, surgirão muitos insights que ajudarão você a organizar esta nova fase.
  • Reorganize o espaço: Guarda roupas, quarto, mude os móveis de lugar, dê uma nova cara para os ambientes, guarde coisas que lembrem momentos que não voltarão mais.
  • Pare de reclamar: Ficar reclamando, choramingando para os outros, contando para um e para outro o quanto você está infeliz sem ele(a) não irá ajudar você a se recuperar, lembre-se, a vítima esta fadada a nunca vencer, seja forte, deixe a vítima de lado.
  • Saia de casa: Uma dica preciosa, este é o momento de passear em um parque, tomar café com uma boa amiga, assistir um filme ou até mesmo sair sem rumo para dar um volta por aí, deixando os pensamentos correrem soltos, mas o principal, não fique parado(a), sentado(a) chorando, respire fundo e saia.
  • Não se jogue logo em outro relacionamento: Isto mesmo, aquela velha história de que um amor se cura com outro, só se aplica para algumas raras exceções, no geral uma pessoa ferida, encontra outra pessoa ferida, para ambos tentarem se curar, o que acaba gerando mais e mais dor, dê-se um tempo, tempo para se reconhecer, ficar inteira(o) e não precisar mais de alguém para te completar, mas sim para complementar.

Uma grande falha é buscar alguém para curar nossas dores, ninguém o fará senão nós mesmos, e só conseguiremos êxito nesta jornada de cura e transformação se nos permitirmos olhar atentamente para nós, com cuidado e acolhimento entendendo que nossa história de vida é única, nem um minuto pode retornar atrás, mas que temos infinitas possibilidades a frente.

E sobre tudo, diga sim para o recomeço quando ele aparecer na sua vida……

Meu trabalho, Motivação, Terapia Integrativa

Aquela pessoa que você não conhece.

Bastante comum chegar pessoas para o atendimento, querendo mudanças na sua vida, cansadas de não alcançarem resultados satisfatórios e com muitas frustrações ao longo da vida

Uma das coisas que mais ouço, são solicitações de “quero me transformar em outra pessoa”, “quero esquecer o que eu fiz”, “quero mudar tanto que me torne irreconhecível”, entre muitas outras frases como estas, pessoas que pela bagagem pesada de suas histórias de vida, não suportam mais ser quem são, se rejeitam, e assim também rejeitam sua jornada até ali.

Ao longo da nossa vida vamos escutando coisas que nos diminuem, circunstâncias, acontecimentos ao nosso redor vão aos poucos minando nossa autoestima, autoconfiança e segurança, é como se o fato de ser quem somos, causasse todos os problemas que temos, então, chega uma hora que deixamos de ser quem realmente somos, para nos tornarmos nosso comportamento, “infantil”, “mentirosa(o)”, “irresponsável”, “sem objetivo”, somos taxados de tudo isso e mais um pouco, e a vida fica pesada de se levar.

Já não nos conhecemos, tantas perdas ao longo da nossa vida que inclusive nos perdemos de nós mesmos(as).

Não é raro escutar de pessoas bem sucedidas em seu trabalho, “ah eu sou muito incompetente”, ou ainda outras que estão em relacionamentos estáveis, com parceiros apaixonados e dedicados que dizem “eu não sei porque ele(a) gosta de mim”.

E posso assegurar por experiência própria que tudo isso se dá por falta de um mergulho profundo dentro de nós mesmos(as), precisamos reconhecer quem somos, e você deve estar se perguntando por onde começar, e a resposta é simples, se olhe no espelho, reconheça seus traços, talvez há muito tempo você já não o faz.

Uma das técnicas que utilizo em consultório chama-se Alinhamento da História de Vida, e considero esta etapa tão importante que aplico em praticamente todos os meus clientes, estarmos alinhados com nossa própria história, traz uma acolhimento mais profundo para conosco e com aqueles personagens que passaram por nossa vida.

Um dos pressupostos da PNL com o qual mais me identifico é que todos nós fazemos o melhor que podemos com os recursos que possuímos naquele momento de vida, ou seja, sempre podemos ser melhores, podemos alcançar níveis nunca imaginados, basta começarmos a acolher quem verdadeiramente somos.

Este mergulho é fácil? NÃO, mas é possível? SIM!!! Lembre-se das vezes em que alguém quis te apresentar alguém novo e você logo de cara rejeitou a possibilidade sequer de uma amizade, mas aos poucos com jeito, aquela pessoa foi se achegando a você e bummmm, quando menos esperava estava com um novo olhar, já tinha desenvolvido uma amizade e quem sabe até já tinha se apaixonado.

Consigo mesmo não é diferente, precisamos primeiramente quebrar a barreira da rejeição, esta mesma que faz você se sentir inadequado(a), chata(o), incapaz…… feio(a). E para que todos estes sentimentos e sensações negativas mudem, é preciso que você se observe com mais carinho, cuidado e atenção, é você reconquistando você de novo.

É importante você explorar suas forças internas, responder as perguntas seguintes pode te ajudar a ter uma visão menos embaçada sobre si.

  • Quais características que você possui e que te fazem sentir felicidade quando as utiliza?
  • Quais as características positivas você considera que mais precisa neste momento?
  • Quais as coisas que já realizou na vida (ainda que pareçam simples) que lhe dão entusiasmo quando pensa?
  • Pense em 3 pessoas que você admira ou admirou (pode ser do passado ou do presente, vivos ou não), quais as características positivas estas pessoas possuíam ou atuavam no mundo?

Algo fantástico que ouvi uma vez de um dos meus mentores foi o seguinte, certo dia eu estava fazendo para ele um elogio, do quanto o considerava e achava ele incrível em seu trabalho, que realmente ele era brilhante, então ele se voltou para mim e disse: – Mari que maravilha que você já se vê desta maneira!; Claro que fiquei meio perdida, não estava falando de mim e sim dele, então ele me disse: – Somente conseguimos enxergar no outro o que já temos em nós mesmos.

Ual que lição aprendi aquele dia, esta simples frase me trouxe muito mais autoconfiança para realizar meus estudos e posteriormente iniciar com os atendimentos, ficou muito claro para mim que eu precisava me olhar mais atentamente, com mais carinho inclusive, e foi o que eu fiz de lá para cá incansavelmente.

E como tem sido maravilhosas as descobertas, talvez você se pergunte se não tenho encontrado coisas que não gostaria de ver, simmmmm e muitas, porém a cada vez que olho mais profundamente, também encontro um motivo a mais para me sentir honrada com minha jornada de vida.

O fato de você ser positiva em seus pensamentos e visão sobre si mesma(o) não faz com que os pensamentos negativos simplesmente desapareçam, mas com toda certeza faz com que você aprenda a não dar tanta importância para o negativo, pois reconhece que tem mais coisas positivas para serem focadas.

Permita-se quebrar este paradigma de que as pessoas não mudam, mudam simmm e mudam muito, a cada dia, a cada novo aprendizado e especialmente quando se permitem mergulhar em águas profundas dentro de si.

O que você rejeita de fere, o que você acolhe te cura, já falei isso anteriormente e repito aqui por entender que enquanto você não parar de se julgar, se arrebentar e se autodestruir nada acontecerá na sua vida, esta jornada é única, faça ela valer a pena, e ainda que você até hoje não tenha feito algum movimento rumo a mudança, hoje é o tempo e a hora exatos para se dar esta oportunidade.

Acredite em você, recomece quantas vezes for necessário, mas não desista deste relacionamento que de fato realmente vale a pena, você com você……… estando bem consigo, o mundo ao seu redor irá mudar, seus relacionamentos serão mais assertivos, no trabalho terá mais êxito e até a sua saúde agradecerá.

Permita-se……………. Um abraço com o doce aroma da infância da laranja doce.

Mari Santana – Coach & Terapia Sistêmica

Motivação, Renovando-se

Pensamentos X água – Veja os resultados de juntar estas duas forças poderosas

A maravilhosa mensagem da água

Venho observando há tempos um crescente interesse por temas relacionados ao pensamento humano, e o quanto ele influencia na nossa saúde física mental, e até mesmo nos resultados que obtemos.

Você sabia que existe um estudo científico que demonstra o efeito dos pensamentos, sentimentos, sons e emoções na água?

Masaru Emoto, cientista japonês, demonstrou como o efeito de determinados sons, palavras, pensamentos, sentimentos alteram a estrutura molecular da água. A técnica consiste em expor a água a esses agentes, congelá-la  e depois fotografar os cristais que se formam com o congelamento.

Veja algumas imagens do trabalho de mais de 30 anos realizado por este maravilhoso cientista:

Molécula de água no momento do seu “nascimento”, na saída da nascente

Molécula de água de um rio poluído


O DR.  EMOTO COLOCOU ÁGUA ENTRE DOIS ALTO-FALANTES QUE EMITIAM O SOM DE UMA ORAÇÃO
  E,  APÓS ALGUM TEMPO, CONGELOU A ÁGUA E FOTOGRAFOU OS CRISTAIS QUE SE FORMARAM.
Mesma molécula de água antes da oração


Molécula de água exposta à energia do som da Ária para corda em Sol, de Bach

Molécula exposta ao som de “Muito Obrigado”
Molécula de água com essência de camomila (logo ao lado a foto da camomila)
Molécula de água exposta ao som de uma “ameaça de morte”
Amor e admiração

O que devemos nos lembrar é de que somos compostos 70% de água!!!!

Se um simples obrigado muda uma molécula de água, imaginem o que uma prece, palavras de amor, fraternidade, encorajamento, amizade, podem fazer percorrendo nosso corpo carregado de água. Se acontece fora do nosso corpo, ocorrerá dentro dele também, cada vez que agirmos com amor e retidão!               

Mas convém lembrar que o inverso também ocorrerá com palavras ou sentimentos de ódio, inveja, vingança,etc.  E é com isso que a gente pode adoecer, com água carregada de energia má e destrutiva. Muitas doenças começam a partir de nós! Contudo, se quisermos, tudo acabará a partir de nós também!      

Se água poluída faz mal à saúde, pensamentos e palavras ruins também o fazem!

Qual a molécula que queremos dentro de nós? A dos bons sentimentos ou do sentimentos poluídos?

Podemos escolher agir com amor,  verdade, retidão, paz e  benevolência, conseguiremos  reestruturar nossas vidas, dando-lhes felicidade, saúde e beleza interior!

Clique aqui para baixar o áudio desta publicação.

Mari Santana – Terapeuta Integrativa CRTP 0481/18

Motivação, Renovando-se

PROJETO ACOLHER A ESSÊNCIA

Outro dia eu me perguntava o porque Deus havia permitido que estudasse tanto em minha vida?! Afinal não pode fazer sentido o conhecimento se não for para também ser instrumento de ajuda para a evolução de outras pessoas.

Uma das tarefas de um curso de Coaching em que eu estava, era de assistir o filme Beleza Oculta com o ator Will Smith, o filme de enredo envolvente, conta a história de um publicitário que perde sua filha, e em meio a dor não sabe como lidar com tanta angústia e pensa que a vida não vale mais a pena.

Seus amigos no intuito de ajudá-lo arquitetam um plano, mas o que realmente me encantou no filme foi um grupo de conversas onde as pessoas podiam falar do emocional e em meio a este grupo ele aos poucos vai se reencontrando, apenas ouvindo os demais participantes.

Ao assistir este filme meu coração explodiu de alegria, encontrei mais uma fatia da minha missão e propósito nesta vida, então decidi criar o projeto “Acolher a Essência”, onde pessoas poderão abrir seu coração em uma roda de conversas preparada com todo amor para elas, e caso não queira falar terá toda liberdade de somente ouvir e alimentar seu coração com palavras positivas.

O projeto contará com a privacidade das pessoas, tendo em vista que não será permitido gravar, filmar ou fotografar as reuniões, falaremos de questões emocionais, muitas dicas de terapia integrativa e respiração, aromaterapia e etc.

Contarei com o apoio da minha amiga de muitos anos e uma pessoa maravilhosa a Terapeuta por vocação Marcia Ferrari, que entrará com todo o acolhimento e sua expertise em chás, bolos deliciosos e arteterapia, serão com certeza momentos especiais.

Vivemos tempos complexos onde o amor tem se esfriado em muitos, mas também hoje encontramos pessoas que desejam doar um pouco do seu amor e tempo para ajudar o próximo, e é desta corrente do bem que queremos fazer parte. E para quem é o convite? Pessoas que queiram um espaço para aprender a se amar, se respeitar e se aceitar, onde a troca de idéias positivas será bem vinda, e especialmente onde o acolhimento será o lema.

O primeiro encontro acontecerá no dia 01/02/2019 das 18:30hrs às 20:30hrs no espaço de eventos da New Life Terapias no Jardim Social – Curitiba.

Teremos lista de participantes e para cada reunião o número médio de pessoas inicialmente será de 15, estendendo-se aos poucos este número, promovendo ao grupo um crescimento sustentável.

Que possamos a cada dia seguir transformando a nossa e outras vidas, afinal como disse Cora Coralina “Nada do que fizermos tem sentido se não tocarmos o coração das pessoas.”

Terapeuta Integrativa Mari Santana

Clique aqui para baixar o áudio desta publicação.

Dicas da Mari, Motivação, Renovando-se

Xingamentos/ Insultos – Como eles nos afetam?!

fantasy-2934774_1920

Você algum dia já parou para pensar o quanto os xingamentos, “brincadeiras maldosas”, abusos que sofreu influenciam você na tomada de decisão, nos direcionamentos, questionamentos, julgamentos e consequentemente nos resultados que alcançou até hoje na vida?

Algo extraordinário que a PNL tem como pressuposto é que o “Mapa não é o território”, e o que seria este mapa? O Mindset, a forma de pensamento, o desenho mental de cada pessoa.

O que exatamente isto quer dizer?

Que jamais em tempo algum haverá alguém com pensamento igual ao seu, logo a maneira como cada pessoa imprime sensações, amarras, traumas e recursos positivos é muito peculiar e singular de cada indivíduo. Existe porém algo que em nós tem um funcionamento igual! Todos temos filtros internos, estes são responsáveis por como reagiremos a partir de uma determinada situação, imagem, textura, frase, etc…, e consequentemente o resultados que teremos desta resposta reativa.

A neurociência cita os canais representacionais, Visual, Auditivo e Cinestésico, temos todos os canais, porém uns mais ativos, outros menos, transitamos entre eles muitas vezes no dia a dia, através do paladar, olfato, audição, visão, tato, porém sempre temos um que se destaca mais, é o nosso principal meio de comunicação e contato com o “mundo externo”.  Pessoas Visuais, provavelmente não se sensibilizem tanto com um xingamento, quanto com uma cara feia, o cinestésico já se sensibiliza mais com a falta de toque por exemplo, enquanto que o auditivo gosta de ouvir, e quando não ouve o que espera aí sim, para ele é um problema.

Ao longo da vida um xingamento muito repetido, insultos como “você é burro(a) mesmo”, “você é ridícula(o)”, “Seu desgraçado”, “Odeio ser sua mãe/pai”, “Não queria que você nascesse”, “Deveria ter te abortado”, “Você não tem jeito, não vai mudar NUNCA”,  vão imprimindo no indivíduo padrões, que levarão a reações diversas, trazendo resultados quase sempre catastróficos para a vida daquele que ouviu e absorveu o insulto/xingamento.

Imagine então uma pessoa que ouve isto desde sua infância, pois dos 0 aos 7 anos vivenciamos a principal fase de modelagem de padrões de comportamento. É triste imaginar quantos anos de felicidade e realização podemos ter ceifados pelas dores causadas por estes padrões.

O esquema abaixo demonstra como as imagens, sons, agem em nosso organismo liberando hormônios que podem ser benéficos ou não.

Picture1

O Cortisol é o hormônio responsável pelo bem estar, pela sensação de prazer, quando ouvimos palavras agradáveis para nossa mente e coração ele é disparado para todo nosso organismo, nos permitindo sentir bem, leves e mais auto confiantes.

Por outro lado a adrenalina é um neurotransmissor responsável por deixar nosso organismo em estado de alerta, o que em várias situações é benéfico, porém se em taxas muito altas, sendo disparado constantemente de maneira abrupta em nosso organismo, nos leva ao stress, ansiedade excessiva, entre outros males físicos e emocionais, que para serem reparados dispensam muito tempo e energia, pois este reparo não é rápido nem simples.

Já este esquema abaixo demonstra claramente como os eventos externos disparam em nós sensações que se tornam ações verbais ou não verbais:

Picture2

Um som ou imagem passa por nossos canais sensoriais, posteriormente pelos filtros, pois o cérebro distorce, omite e generaliza em algum nível tudo que entra de informação, após ele percorre os meta programas, valores, crenças que temos, decisões que já tomamos na vida (acertadas ou não),  MEMÓRIAS, destaco memórias pois neste ponto é que estão aqueles xingamentos/insultos/agressões/abusos, sofridos ao longo da vida, memórias muitas vezes inconscientes, mas que quando recebe um novo estímulo como por exemplo um elogio, a mente automaticamente busca este padrão nas memórias, chegando lá encontra “você é burro(a) mesmo”, “você é ridícula(o)”, “Seu desgraçado”, “Odeio ser sua mãe/pai”, “Não queria que você nascesse”, “Deveria ter te abortado”, “Você não tem jeito, não vai mudar NUNCA”, o corpo responde em fração de segundos (imediatamente) com uma sensação ruim, cria uma representação interna, que gera um estado emocional, que gera a fisiologia e finalmente a comunicação verbal ou não verbal (a reação!!), formando uma cadeia que gera no outro uma ação, que gera uma reação………

Talvez agora você compreenda porque tem reações que não entende, não sabe ser elogiado até se sente mal com isto, não se sente capaz de nada, duvida até mesmo daquilo que muitos pontuam como grandes qualidades suas, a resposta está nos “PADRÕES INCONSCIENTES QUE FORAM PROGRAMADOS EM VOCÊ AO LONGO DA VIDA”.

Por outro lado estímulos positivos geram a mesma cadeia de acontecimentos, porém com memórias positivas, com sensações positivas, reações positivas e consequentemente com resultados satisfatórios.

Quais foram os estímulos que você recebeu ao longo da vida?

E quais tem oferecido ao longo da sua vida?

Deixo para vocês esta reflexão:

“Conhecer a sua própria escuridão é o melhor método para lidar com a escuridão dos outros” Carl Jung

Agende um horário, quero ouvir você!

Um abraço com o aroma protetor do Sândalo Mysore!

Mari Santana – Terapeuta Sistêmico CRTP 0481/18 SBHOLOS

palavras

 

 

 

 

 

 

Dicas da Mari, Motivação, Renovando-se

EFT – Emotional Freedom Techniques – O equilíbrio na ponta dos dedos (tapping)

Hoje vamos falar de algo que tem afligido muitas pessoas, ansiedade, medo, tristeza, melancolia, mágoa, angústia e muitas outras emoções e sentimentos que quando não equilibrados nos causam problemas nos relacionamentos, dor de cabeça e muita dificuldade.

Esta maravilhosa técnica traz alívio rápido, equilíbrio e muito mais tranquilidade, além da facilidade de poder aplicar em um horário vago e ocupará no máximo 10 minutos do seu tempo. É um método de desbloqueio energético e emocional, simples e de fácil aplicação.

A história do EFT, conforme podemos acompanhar no site Equilíbrio Contínuo “remonta à medicina tradicional chinesa e à acupuntura. No entanto, a acupuntura tem a prática de tratar apenas problemas físicos. Foi apenas na década de sessenta do século passado que profissionais da saúde nos Estados Unidos começaram a investigar os benefícios da acupuntura para problemas psicológicos. Era o início da acupuntura emocional.

O Dr. Goodheart estudou a fundo a acupuntura e então a introduziu em um novo método que ele estava desenvolvendo chamado Cinesiologia Aplicada. Ele substituiu as agulhas por pressões dos dedos e viu que obtinha os mesmos resultados.

Já na década de setenta, o psiquiatra australiano John Diamond avançou ainda mais nos estudos, criando o que ele chamou de Cinesiologia Comportamental. Esse método usava auto-afirmações (frases ou pensamentos positivos) enquanto se estava aplicando os pontos da acupuntura, com o intuito de tratar problemas emocionais. Era o início do que mais tarde passou-se a chamar Psicologia Energética, que é a base da EFT.

Um psicólogo americano, Dr. Callahan, desenvolveu então um protocolo, ou uma estrutura fixa, para a aplicação nesses pontos dos meridianos. Isso já na década de oitenta.”

Tenho utilizado esta maravilhosa técnica no consultório desde o início da minha jornada como terapeuta, antes ainda, já obtive os incríveis resultados de equilíbrio emocional, tranquilizando a ansiedade e raiva que sentia em determinados momentos.

Deixo abaixo o link do vídeo que fiz para explicar de forma bem simples como funciona o passo a passo da técnica EFT – Acupuntura Emocional sem agulhas.

Segue abaixo o mapa do EFT para facilitar o seu aprendizado, realize a técnica, compartilhe comigo seus resultados, será incrível participar da sua jornada de transformação

pontos

Abraço com aroma de Laranja Doce…………. Mari Santana

Siga-nos no instagram: sigatransformando_

cropped-5122.jpg

Dicas da Mari, Motivação, Sem categoria

O grande poder das perguntas! Determine objetivos.

questions-2245264_1920

Conhecido na PNL como Metamodelo de Linguagem, a arte de fazer perguntas poderosas é uma excelente ferramenta de se fazer a pergunta certa, no momento certo.

Essa habilidade é extremamente relevante no que diz respeito a compreender melhor o outro e, também, determinar com mais objetividade suas metas. Ou seja, refletir sobre seus objetivos e aprofundar seu autoconhecimento. Com os exemplos de perguntas certas que trarei neste texto você irá melhorar seus diálogos, negociações, atendimento ao cliente, relacionamentos em geral e muito mais! Acompanhe:

“A pergunta certa é geralmente mais importante do que a resposta certa à pergunta errada. ” (Alvin Toffler)

Para começar é de extrema relevância que você:

  • Explore novas oportunidades;
  • Questione os padrões limitantes;
  • Identifique a falta de foco;
  • Determine assertivamente objetivos e metas a serem alcançadas;

Para que se possa ter êxito ao se fazer perguntas assertivas, 3 aspectos são fundamentais:

1- Estar no momento presente (Mente presente): Focar no que está acontecendo no agora, entrega total ao que estiver fazendo, com atenção, foco e energia.

2- Escuta ativa: Faz parte do estar no presente, focar a atenção na pessoa que se comunica com você naquele momento, dispensando Julgamentos e evitando distrações mentais que o afastem do foco da conversa.

3- Sensibilidade: Sensibilidade de perceber o estado emocional das pessoas e corresponder de acordo.

Lembrando que os três passos são aplicáveis também para si próprio, uma vez que estar no momento presente, escutar o seu sistema, seu coração, sua mente e seu corpo e ter sensibilidade consigo, são aspectos que irão favorecer e muito o seu autoconhecimento, facilitando a tomada de decisões, definição de objetivos e relacionamentos.

Mas, afinal meus amigos, o que é uma pergunta poderosa? É aquela que faz com que você:

  • Pare de andar em círculos e tenha novas opções;
  • Encontre uma nova compreensão de si mesmo, dos outros e dos acontecimentos;
  • Perceba suas capacidades e novas estratégias;
  • Encontre a coragem e direcionamento para entrar em ação;

Duas características importantes das perguntas poderosas são: Abrir novas estratégias para mudanças e nos conduzirem para o futuro.

Alguns exemplos de perguntas poderosas:

  • De que modo esse pensamento contribui para que você encontre a solução?
  • Se esta situação fosse uma chance para você virar o jogo a seu favor, o que você faria?
  • O que você, e só você, pode fazer para mudar esta situação?
  • O que você gostaria de ser, ter ou fazer daqui a um ano? Cinco anos? Dez anos?
  • O que você ganha se fizer isso? E o que perde se não fizer?

Para te ajudar na compreensão da importância das perguntas certas vou deixar uma reflexão. Ficarei no aguardo de suas respostas, você pode inclusive enviar pelo formulário que temos de contato no site!

Reflexão (tarefa) especificação de objetivo com perguntas poderosas:

  • Qual seu objetivo hoje? O que deseja especificamente?
  • Onde você quer que isto aconteça?
  • Quem participa deste objetivo?
  • Quando?
  • É alcançável?
  • Qual a evidência de que você atingiu o seu objetivo?
  • O que pode fazer ainda hoje para já caminhar rumo ao seu objetivo?

Mas se mesmo respondendo a essas perguntas você ainda tiver dúvidas, me envie uma mensagem. Podemos agendar um horário. Vou ajudar você a estruturar um planejamento completo para que seus objetivos sejam traçados e alcançados.

Com outras ferramentas de Coaching aliadas ao Metamodelo de linguagem você ganhará tempo e alçará voos nunca antes imaginados.

Abraço, Mari Santana

 

cropped-5122.jpg