Dicas da Mari, Terapia Integrativa

O poder inexplicável de um abraço………

Entre tantos os “poderes e funções” que eu poderia elencar aqui, digo o que para mim é a mais profunda função que se pode designar a algo, o abraço meus amigos é curativo, faz a união entre os que estavam afastados pelas birras e bicos da vida, faz você sentir-se ligado, conectado.

Quem nunca sentiu-se tão sozinho que abraçou um travesseiro para chorar, ou ainda o próprio corpo em um movimento talvez até inconsciente de se auto-acolher.

Você já percebeu que mesmo sem pensar, quando vemos alguém chorando, sofrendo, com dor ou quieto, o primeiro impulso que temos é abraçar esta pessoa? A impressão imediata que temos é que abraçando podemos diminuir a dor do outro, ou até mesmo sanar qualquer sofrimento.

Ou ainda, quando estamos sem chão, nos sentindo abatidos ou sozinhos, vem alguém e nos abraça, e é como se o mundo parasse, tudo melhora, ouso repetir com convicção a frase que ouvi outro dia….

O abraço é a única coisa que quanto mais apertado mais aliviados nos faz sentir.

Albert Einstein disse que a imaginação é mais poderosa que o conhecimento, e que tudo que podemos imaginar podemos criar na nossa realidade externa, sendo assim, quando abraçarmos alguém, uma dica importante é imaginar coisas boas acontecendo para aquela pessoa, boas energias circundando a vida dela, de fato é poderoso imaginar que ela está em um campo protetor energético, com a cor que vier à sua mente. Estaremos assim presenteando ou outro com algo divino e curativo que sai de nós – A intenção.

Se de todo coração e mente sua intenção for positiva, com toda certeza esta pessoa será inundada de uma força e equilíbrio que farão com que ela própria fique surpresa.

Por outro lado o contrário também se aplica, acaso algum dia você já se sentiu mal após um abraço? Alguém que disse que estava ali para te apoiar, mas quando a pessoa saiu você se sentiu muito pior que antes, como se suas energias tivessem sido “sugadas” de você? Devido a isto devemos estar atentos as energias que nos rodeiam e que inconscientemente acabamos atraindo.

Alguns benefícios do abraço……

  • Libera ocitocina ou oxitocina – hormônio responsável pela sensação de felicidade, do amor;
  • Reduz os níveis de cortisol conhecido como hormônio do stress;
  • Relaxa os músculos diminuindo a tensão e ajudando no controle da ansiedade;
  • Libera dopamina, hormônio que aumenta o desejo sexual;
  • Diminui a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos, ajudando inclusive a diminuir o risco de doenças cardíacas;
  • Aumenta consideravelmente os níveis de hemoglobina no sangue, que leva o suprimento vital de oxigênio para todos os órgãos inclusive cérebro e coração;
  • Traz acolhimento e faz-nos sentir pertencentes;

Não bastassem todos estes motivos, o abraço nos conecta com o melhor da nossa humanidade, nos faz sentir conectados ao outro, traz sentimento de pertencimento, amor e amizade………….. use sem moderação.

Um Abraço acolhedor com aroma de Vetiver

Dicas da Mari

Alecrim – Plantas que acalmam o corpo, alma e mente.

Esta erva traz ânimo, alegria de viver, combate a apatia, a melancolia e fortalece a memória. É a erva da recordação, pois ela nos ajuda a recordar nosso verdadeiro padrão, nossa essência e nossos dons.

O alecrim ajuda na área da intuição, dissolve a energia do cansaço e do stress causados por excesso de sobrecarga mental. É um anti-depressivo natural. Suas folhas emanam um aroma adocicado e penetrante é a erva do mental, estimulante da concentração. Esta é a erva da coragem, a erva da juventude eterna, daqueles que tem alma de criança, estão sempre prontos para o novo.

Alecrim e seu uso energético ajuda a desenvolver a conexão mental com o outro, principalmente em crianças que tem dificuldade de atenção e aprendizagem.

O alecrim é uma planta calorífica que fortalece o centro vital e age em todo o organismo. Essa plantinha atua nos desconfiados, naqueles que não acreditam em si mesmos, nos que não tem coragem de se jogar à novos projetos.

Rosmarinus Officinalis – Alecrim

Nativo do Mediterrâneo, este arbusto perene tem sido reconhecido como um tônico rejuvenescedor do cérebro desde o tempo dos egípcios antigos, talvez pelo fato de ser rico em antioxidantes.

  • Mental e emocional: Melhora a concentração e a memória, acalma a ansiedade, resolve depressão e atenua a exaustão e a insônia.
  • Sistema Respiratório: Seus óleos voláteis dissipam infecções, chá quente é usado para febre, catarro, dores de garganta, resfriados, infecções das vias respiratórias, antiespasmódico, útil em casos de asma.
  • Sistema urinário: Diurético, intensifica a eliminação de resíduos.
  • Sistema reprodutor: Reduz o sangramento excessivo durante a menstruação e abranda a dismenorreia (cólicas).

O óleo essencial diluído é usado para friccionar a pele, no tratamento de dores das articulações, dores de cabeça e falta de concentração (uso externo).

Advertência: EVITE SEU USO DURANTE A GRAVIDEZ.

É tempo de curar as feridas, tempo de amar-se, o amor só tem sentido se for gerado de dentro para fora. É tempo de mudar, conhecer o novo. Libere traumas e medos adormecidos.

Clique aqui para baixar o áudio desta publicação.

Apoio: Minha amiga querida Terapeuta Marcia Ferrari

Terapeuta Integrativa Mari Santana

Dicas da Mari

CAMOMILA – Plantas que acalmam o corpo, alma e mente.

Como as plantas atuam no organismo humano? Terapeuticamente na totalidade do SER.

Na época em que os remédios eram encontrados no quintal de casa, não havia dor de barriga, nem baixo astral que resistisse por muito tempo aos poderes das ervas medicinais.

Qualquer vovó sabia que a camomila por exemplo, era e continua sendo um bom remédio para combater cólicas e acalmar ânimos. Então vamos agora falar dessa erva especial, preparei para você informações preciosas.

Então conecte-se com essa florzinha muito especial. A suavidade é a  principal característica  desta alegre plantinha.  Tanto que tem sido usada desde a antiguidade, para acalmar os bebês. Muito  utilizada também contra  insônia, ansiedade e stress

Calma e paciência são duas coisas de que sempre nos esquecemos, deixando-nos dominar pelas exigências do dia a dia. A existência da camomila talvez nos sirva para lembrar que a vida é leve e suave.

Matriaria recutita; Anthemis nobilis

Não tente carregar mais do que necessário. Lembre-se de que sobrecarregado ninguém sai do lugar. E, se sair, não conseguirá ir muito longe. Alivie sua carga. Troque algumas coisas por um maço de flores, por exemplo.

A raiva, o ódio e as mágoas provocam estresse emocional. Acalme a mente e pratique a fé e o perdão.

Ações da Camomila: Anti-inflamatória, antiespasmódica, antiulcerativa, anti-histamínica, digestiva, antimicrobiana, diurética…..

Mental e emocional: A Camomila reduz a ansiedade e a tensão. Excelente relaxante para bebês e crianças; Facilita o sono e alivia dores como a de cabeça, da enxaqueca, nevralgia, gripe, artrite e gota.

Sistema respiratório: Sob a forma de chá quente é usada para febre e infecções como a de garganta, amigdalite, resfriados e gripe; Reduz a constrição dos brônquios em quadros de asma.

Sistema reprodutor: Reduz a dor da menstruação, a TPM e as dores de cabeças pré-menstruais, atenua a mastite; Reduz sintomas de menopausa.

Sua utilização pode se dar através de óleo essencial, Chás e infusões, banhos e até mesmo sachês e travesseiros (usados para um sono mais tranquilo e reparador).

Minha gratidão à minha querida amiga Terapeuta Márcia Ferrari, pela amizade de anos e apoio especial na seleção de preciosas informações sobre nossa querida Camomila.

Terapia Sistêmica Mari Santana….

Um abraço com aroma de harmonia e tranquilidade da Camomila…

Dicas da Mari, Motivação, Renovando-se

Xingamentos/ Insultos – Como eles nos afetam?!

fantasy-2934774_1920

Você algum dia já parou para pensar o quanto os xingamentos, “brincadeiras maldosas”, abusos que sofreu influenciam você na tomada de decisão, nos direcionamentos, questionamentos, julgamentos e consequentemente nos resultados que alcançou até hoje na vida?

Algo extraordinário que a PNL tem como pressuposto é que o “Mapa não é o território”, e o que seria este mapa? O Mindset, a forma de pensamento, o desenho mental de cada pessoa.

O que exatamente isto quer dizer?

Que jamais em tempo algum haverá alguém com pensamento igual ao seu, logo a maneira como cada pessoa imprime sensações, amarras, traumas e recursos positivos é muito peculiar e singular de cada indivíduo. Existe porém algo que em nós tem um funcionamento igual! Todos temos filtros internos, estes são responsáveis por como reagiremos a partir de uma determinada situação, imagem, textura, frase, etc…, e consequentemente o resultados que teremos desta resposta reativa.

A neurociência cita os canais representacionais, Visual, Auditivo e Cinestésico, temos todos os canais, porém uns mais ativos, outros menos, transitamos entre eles muitas vezes no dia a dia, através do paladar, olfato, audição, visão, tato, porém sempre temos um que se destaca mais, é o nosso principal meio de comunicação e contato com o “mundo externo”.  Pessoas Visuais, provavelmente não se sensibilizem tanto com um xingamento, quanto com uma cara feia, o cinestésico já se sensibiliza mais com a falta de toque por exemplo, enquanto que o auditivo gosta de ouvir, e quando não ouve o que espera aí sim, para ele é um problema.

Ao longo da vida um xingamento muito repetido, insultos como “você é burro(a) mesmo”, “você é ridícula(o)”, “Seu desgraçado”, “Odeio ser sua mãe/pai”, “Não queria que você nascesse”, “Deveria ter te abortado”, “Você não tem jeito, não vai mudar NUNCA”,  vão imprimindo no indivíduo padrões, que levarão a reações diversas, trazendo resultados quase sempre catastróficos para a vida daquele que ouviu e absorveu o insulto/xingamento.

Imagine então uma pessoa que ouve isto desde sua infância, pois dos 0 aos 7 anos vivenciamos a principal fase de modelagem de padrões de comportamento. É triste imaginar quantos anos de felicidade e realização podemos ter ceifados pelas dores causadas por estes padrões.

O esquema abaixo demonstra como as imagens, sons, agem em nosso organismo liberando hormônios que podem ser benéficos ou não.

Picture1

O Cortisol é o hormônio responsável pelo bem estar, pela sensação de prazer, quando ouvimos palavras agradáveis para nossa mente e coração ele é disparado para todo nosso organismo, nos permitindo sentir bem, leves e mais auto confiantes.

Por outro lado a adrenalina é um neurotransmissor responsável por deixar nosso organismo em estado de alerta, o que em várias situações é benéfico, porém se em taxas muito altas, sendo disparado constantemente de maneira abrupta em nosso organismo, nos leva ao stress, ansiedade excessiva, entre outros males físicos e emocionais, que para serem reparados dispensam muito tempo e energia, pois este reparo não é rápido nem simples.

Já este esquema abaixo demonstra claramente como os eventos externos disparam em nós sensações que se tornam ações verbais ou não verbais:

Picture2

Um som ou imagem passa por nossos canais sensoriais, posteriormente pelos filtros, pois o cérebro distorce, omite e generaliza em algum nível tudo que entra de informação, após ele percorre os meta programas, valores, crenças que temos, decisões que já tomamos na vida (acertadas ou não),  MEMÓRIAS, destaco memórias pois neste ponto é que estão aqueles xingamentos/insultos/agressões/abusos, sofridos ao longo da vida, memórias muitas vezes inconscientes, mas que quando recebe um novo estímulo como por exemplo um elogio, a mente automaticamente busca este padrão nas memórias, chegando lá encontra “você é burro(a) mesmo”, “você é ridícula(o)”, “Seu desgraçado”, “Odeio ser sua mãe/pai”, “Não queria que você nascesse”, “Deveria ter te abortado”, “Você não tem jeito, não vai mudar NUNCA”, o corpo responde em fração de segundos (imediatamente) com uma sensação ruim, cria uma representação interna, que gera um estado emocional, que gera a fisiologia e finalmente a comunicação verbal ou não verbal (a reação!!), formando uma cadeia que gera no outro uma ação, que gera uma reação………

Talvez agora você compreenda porque tem reações que não entende, não sabe ser elogiado até se sente mal com isto, não se sente capaz de nada, duvida até mesmo daquilo que muitos pontuam como grandes qualidades suas, a resposta está nos “PADRÕES INCONSCIENTES QUE FORAM PROGRAMADOS EM VOCÊ AO LONGO DA VIDA”.

Por outro lado estímulos positivos geram a mesma cadeia de acontecimentos, porém com memórias positivas, com sensações positivas, reações positivas e consequentemente com resultados satisfatórios.

Quais foram os estímulos que você recebeu ao longo da vida?

E quais tem oferecido ao longo da sua vida?

Deixo para vocês esta reflexão:

“Conhecer a sua própria escuridão é o melhor método para lidar com a escuridão dos outros” Carl Jung

Agende um horário, quero ouvir você!

Um abraço com o aroma protetor do Sândalo Mysore!

Mari Santana – Terapeuta Sistêmico CRTP 0481/18 SBHOLOS

palavras

 

 

 

 

 

 

Dicas da Mari, Motivação, Renovando-se

EFT – Emotional Freedom Techniques – O equilíbrio na ponta dos dedos (tapping)

Hoje vamos falar de algo que tem afligido muitas pessoas, ansiedade, medo, tristeza, melancolia, mágoa, angústia e muitas outras emoções e sentimentos que quando não equilibrados nos causam problemas nos relacionamentos, dor de cabeça e muita dificuldade.

Esta maravilhosa técnica traz alívio rápido, equilíbrio e muito mais tranquilidade, além da facilidade de poder aplicar em um horário vago e ocupará no máximo 10 minutos do seu tempo. É um método de desbloqueio energético e emocional, simples e de fácil aplicação.

A história do EFT, conforme podemos acompanhar no site Equilíbrio Contínuo “remonta à medicina tradicional chinesa e à acupuntura. No entanto, a acupuntura tem a prática de tratar apenas problemas físicos. Foi apenas na década de sessenta do século passado que profissionais da saúde nos Estados Unidos começaram a investigar os benefícios da acupuntura para problemas psicológicos. Era o início da acupuntura emocional.

O Dr. Goodheart estudou a fundo a acupuntura e então a introduziu em um novo método que ele estava desenvolvendo chamado Cinesiologia Aplicada. Ele substituiu as agulhas por pressões dos dedos e viu que obtinha os mesmos resultados.

Já na década de setenta, o psiquiatra australiano John Diamond avançou ainda mais nos estudos, criando o que ele chamou de Cinesiologia Comportamental. Esse método usava auto-afirmações (frases ou pensamentos positivos) enquanto se estava aplicando os pontos da acupuntura, com o intuito de tratar problemas emocionais. Era o início do que mais tarde passou-se a chamar Psicologia Energética, que é a base da EFT.

Um psicólogo americano, Dr. Callahan, desenvolveu então um protocolo, ou uma estrutura fixa, para a aplicação nesses pontos dos meridianos. Isso já na década de oitenta.”

Tenho utilizado esta maravilhosa técnica no consultório desde o início da minha jornada como terapeuta, antes ainda, já obtive os incríveis resultados de equilíbrio emocional, tranquilizando a ansiedade e raiva que sentia em determinados momentos.

Deixo abaixo o link do vídeo que fiz para explicar de forma bem simples como funciona o passo a passo da técnica EFT – Acupuntura Emocional sem agulhas.

Segue abaixo o mapa do EFT para facilitar o seu aprendizado, realize a técnica, compartilhe comigo seus resultados, será incrível participar da sua jornada de transformação

pontos

Abraço com aroma de Laranja Doce…………. Mari Santana

Siga-nos no instagram: sigatransformando_

cropped-5122.jpg

Dicas da Mari, Motivação, Sem categoria

O grande poder das perguntas! Determine objetivos.

questions-2245264_1920

Conhecido na PNL como Metamodelo de Linguagem, a arte de fazer perguntas poderosas é uma excelente ferramenta de se fazer a pergunta certa, no momento certo.

Essa habilidade é extremamente relevante no que diz respeito a compreender melhor o outro e, também, determinar com mais objetividade suas metas. Ou seja, refletir sobre seus objetivos e aprofundar seu autoconhecimento. Com os exemplos de perguntas certas que trarei neste texto você irá melhorar seus diálogos, negociações, atendimento ao cliente, relacionamentos em geral e muito mais! Acompanhe:

“A pergunta certa é geralmente mais importante do que a resposta certa à pergunta errada. ” (Alvin Toffler)

Para começar é de extrema relevância que você:

  • Explore novas oportunidades;
  • Questione os padrões limitantes;
  • Identifique a falta de foco;
  • Determine assertivamente objetivos e metas a serem alcançadas;

Para que se possa ter êxito ao se fazer perguntas assertivas, 3 aspectos são fundamentais:

1- Estar no momento presente (Mente presente): Focar no que está acontecendo no agora, entrega total ao que estiver fazendo, com atenção, foco e energia.

2- Escuta ativa: Faz parte do estar no presente, focar a atenção na pessoa que se comunica com você naquele momento, dispensando Julgamentos e evitando distrações mentais que o afastem do foco da conversa.

3- Sensibilidade: Sensibilidade de perceber o estado emocional das pessoas e corresponder de acordo.

Lembrando que os três passos são aplicáveis também para si próprio, uma vez que estar no momento presente, escutar o seu sistema, seu coração, sua mente e seu corpo e ter sensibilidade consigo, são aspectos que irão favorecer e muito o seu autoconhecimento, facilitando a tomada de decisões, definição de objetivos e relacionamentos.

Mas, afinal meus amigos, o que é uma pergunta poderosa? É aquela que faz com que você:

  • Pare de andar em círculos e tenha novas opções;
  • Encontre uma nova compreensão de si mesmo, dos outros e dos acontecimentos;
  • Perceba suas capacidades e novas estratégias;
  • Encontre a coragem e direcionamento para entrar em ação;

Duas características importantes das perguntas poderosas são: Abrir novas estratégias para mudanças e nos conduzirem para o futuro.

Alguns exemplos de perguntas poderosas:

  • De que modo esse pensamento contribui para que você encontre a solução?
  • Se esta situação fosse uma chance para você virar o jogo a seu favor, o que você faria?
  • O que você, e só você, pode fazer para mudar esta situação?
  • O que você gostaria de ser, ter ou fazer daqui a um ano? Cinco anos? Dez anos?
  • O que você ganha se fizer isso? E o que perde se não fizer?

Para te ajudar na compreensão da importância das perguntas certas vou deixar uma reflexão. Ficarei no aguardo de suas respostas, você pode inclusive enviar pelo formulário que temos de contato no site!

Reflexão (tarefa) especificação de objetivo com perguntas poderosas:

  • Qual seu objetivo hoje? O que deseja especificamente?
  • Onde você quer que isto aconteça?
  • Quem participa deste objetivo?
  • Quando?
  • É alcançável?
  • Qual a evidência de que você atingiu o seu objetivo?
  • O que pode fazer ainda hoje para já caminhar rumo ao seu objetivo?

Mas se mesmo respondendo a essas perguntas você ainda tiver dúvidas, me envie uma mensagem. Podemos agendar um horário. Vou ajudar você a estruturar um planejamento completo para que seus objetivos sejam traçados e alcançados.

Com outras ferramentas de Coaching aliadas ao Metamodelo de linguagem você ganhará tempo e alçará voos nunca antes imaginados.

Abraço, Mari Santana

 

cropped-5122.jpg

 

 

 

 

 

Dicas da Mari, Motivação

Congruência e realização pessoal

woman-865021_640Congruência: Conformidade, Concordância, Harmonia

Vivemos tempos de grande consumismo, estava outro dia observando os programas de televisão, num contexto quase que geral o intuito é vender, te fazer consumir algo, que você acha que precisa, por um preço que você acaba achando justo, para uma finalidade que talvez você considere que seja importante.

De geração em geração nascemos e crescemos repletos de vontades e desejos que nem sabemos ao certo de onde vem, sendo programados desde o ventre materno para consumir, adquirir, ter, obter, mostrar. Nesta avalanche de informações, estamos como que em um super mercado repleto de muitas coisas lindas, embalagens atrativas, aromas irresistíveis, texturas, tendências, que causam em nosso emocional um impacto certeiro, “eu preciso disto, quero aquilo, vou ter”.

Na ansiedade de obter, nossa sociedade está programada de certa maneira para viver  constante incongruência em sua jornada. No âmbito profissional, vê-se obrigado a buscar uma formação rentável, um título que lhe garanta o status, antes mesmo de saber o que gostam de fazer ou testar suas aptidões, observo jovens buscando nos informativos da internet qual a profissão em alta, e qual valor de renda que é possível alcançar com tal formação, deixando de lado tantas observações importantes que fariam diferença para uma escolha assertiva.

Por outro lado na vida pessoal, relacionamentos, etc… muitas vezes nos prendemos a padrões do tipo “o que os outros irão pensar?”, “sem esta pessoa não sei viver”, “e se eu perder?”, criando neste caso também uma rede de relacionamentos desgastantes e sabotadores, que podem levar o emocional a uma séria crise. Muitos estão frustrados, vivendo relações doentias, em que não gostariam mais de estar, não se permitindo uma mudança.

O índice de stress no trabalho é altíssimo, segundo estudo realizado pela Universidade de Harvard, revelou que trabalhar em ambientes estressantes e sob muita tensão pode aumentar em 70% o risco de um infarto e em 40% de outro evento cardiovascular. Ou seja muitos indivíduos trabalham somente pela renda financeira proporcionada pelo trabalho que realizam. Trazendo para a vida pessoal,

Seja em qual for a área em que você não esteja sendo congruente, posso afirmar que o preço tem sido caro demais para valer a pena pagar, queremos e merecemos ser felizes, completos, realizados, mas por onde começar?

Seguem 5 dicas preciosas:

  1. Conheça suas habilidades, capacidades, talentos –  Realize testes vocacionais , neste link você encontrará um teste rápido e gratuito, que já lhe mostrará habilidades, pontos fortes e limitações, o que ajudará você a reconhecer a carreira que melhor se adapta ao seu perfil (independente da idade, nunca é tarde para recomeçar), também ajudará na analise sobre sua vida, afinal será que você se conhece?
  2. Faça uma lista positiva – Isto mesmo, uma lista de tudo que você gosta de fazer, o que te faz feliz, que te deixa leve e bem, algo muito importante para ser avaliado quando buscamos a congruência, a harmonia, é entender o que temos feito por nós que esta de acordo com nosso interior, o que nos deixa bem? Lembre-se temos valores essenciais que se não considerarmos em nossas escolhas, corremos o risco de perder a nossa harmonia emocional.
  3. Faça a lista negativa – O que você tem feito, que vai contra o seu querer e o seu sentir? Sabe quando fazemos uma coisa, pensando em fazer outra, e sentindo outra? Isto é incongruência, é como se sua mente fosse para um lado, seu corpo para outro e seu coração para outro. Esta lista é um sinal claro de alerta, ou seja, coisas que devem ser deixadas, ou replanejadas. A incongruência traz desânimo, insatisfação, frustração, e o famoso fazer por obrigação.
  4. Baseado nas duas listas anteriores e no tópico 1, pondere qual  novo direcionamento você poderia dar para sua carreira, relacionamentos, estudos enfim, o que precisa ser mudado ou ainda acrescentado, para que você sinta-se em harmonia e com coerência entre seu sentir, querer e realizar.
  5. Respire profundamente, acalme sua mente e coração, conecte-se com sua fé e pense em uma nova estratégia, sem pressa, aos poucos, coloque no papel a meta que deseja alcançar neste aspecto, e sobre tudo seja fiel a você, comprometa-se com o resultado.

Cuidando da harmonia do seu ser, você estará mais conectado consigo, com sua fé, com seus objetivos e será mais feliz. Será congruente.

“A harmonia é o ponto mais alto da paz.” (anônimo)

Grande abraço,

Mari,