Motivação, Renovando-se

A grande força secreta que há dentro de você….

thanks-1209247_1920

Gratidão Sentimento que nem sempre conseguimos definir, quando nos acontece algo que esperávamos, ou somos agraciados por algum benefício amoroso vindo de outra pessoa, ou de nós mesmos,  fazendo com que venhamos a sentir enorme felicidade e sentimento de realização, fazendo com que a pessoa que nos beneficiou também se sinta plena e realizado com seu feito, a gratidão traz com ela uma série de outros sentimentos, amizade, lealdade, amor, reciprocidade e muitos outros, é um sentimento bastante nobre que nos faz conectar com o melhor que temos em nós.

Mas além de tantas coisas lindas que vem atreladas ao tal sentimento de gratidão estão muitos benefícios para nossa vida e para o mundo ao nosso redor, pessoas gratas são mais repletas de esperança, resiliência e conseguem transcender muito mais facilmente os obstáculos da vida.

Todas as vezes que agradecemos trazemos para nós a energia do felicidade, da tranquilidade, acalmamos o coração e valorizamos tudo o que temos ou não temos. Isto mesmo, agradecer inclusive pelo que não deu certo ou ainda não deu, pois tudo isto provavelmente tem lhe trazido aprendizados valiosos.

nature-3159164_1920

Outro dia avaliava minha jornada de vida, nossa!!!!!!!!! Como eu era resmungona, reclamava de tudo, se estava sol, se estava chovendo, frio, calor, se trabalhava reclamava que ganhava pouco, se estava desempregada reclamava porque não tinha dinheiro, enfim…. a vida não era fácil neste tempo, e a energia que retornava multiplicada era exatamente a mesma que eu estava vibrando naquele momento.  Mais motivos para reclamar!!!

Até que aos poucos e com toda busca por autoconhecimento aprendi a decretar sobre a minha vida coisas positivas, parei de vibrar no negativismo e na reclamação, comecei então a observar o todo, e percebi que em meio a vários motivos para reclamar, maldizer, eu tinha motivos para agradecer a pequenas coisas que até então passavam desapercebidas.

E quais eram estes pequenos detalhes?? 

Coisas simples, um dia me dei conta que mesmo passando por tantas dificuldades na vida, nunca desisti, então percebi que sou forte, parei para prestar atenção no meu corpo e observei que mesmo com as limitações pela restrição alimentar entre outras coisinhas na saúde, eu tenho braços e pernas que me movimentam, saúde suficiente para viver bem e conquistar meus objetivos, percebi com olhos mais atentos (aqueles que olham de dentro pra fora) que sou rodeada de pessoas que sempre me apoiaram, passei a contemplar o dia seja em que estação for, passei a agradecer a Deus por todas as coisas difíceis que me aconteceram, saí da posição de vítima, entrei na posição de privilegiada por ter passado por tudo aquilo, afinal me ajudou a ser a Mari que sou hoje.

E então tudo mudou, quanto mais agradecia mais leve tudo se tornava, rsr foram dias de grande aprendizado, algumas vezes me peguei rindo de mim mesma, puxa, como eu era desatenta, chatona e amargurada.

Os dias de sol ficaram mais brilhantes, os de frio mais aconchegantes e tudo começou a mudar, quando comecei a vibrar na gratidão de pequenas coisas como aquele prato gostoso de comida, mesmo simples que seja, mas que está ali quando você tem fome, a percepção muda.

Quando somos gratos acessamos o inimaginável, e penso que isto também é fé, agradecer pelo que aconteceu, e ainda esta por vir, acreditar que quando você é verdadeiramente grato, o mundo muda ao seu redor. Você já parou hoje para um momento de gratidão? Para contemplar este ser extraordinário que é você? Com todas as suas capacidades e limitações?

Então convido a você, tirar um minuto para esta reflexão!!!!

Observe sua vida, observe-se, quantos são os motivos para agradecer?

Agradeça por sua saúde, sua família, seus amigos, por seu trabalho que traz o seu sustento e tantas outras coisas boas, agradeça por esta aí vivo, e acredite, agradeça até pelos seus “problemas”, pois cada um deles esta desenvolvendo em você forças e estratégias que você nem imagina, deixe seu coração vibrar com este sentimento, visualize na sua frente os problemas ficando pequenos, e os motivos para agradecer crescendo, acredite, vivemos aquilo que pensamos, então pense e vibre no positivo, e seja GRATO.

girl-517559_1920

Selecione pelo menos 3 motivos reais para agradecer, e durante seu dia agradeça com todo coração por eles, você irá se surpreender com o resultado desta energia retornando para você multiplicada. Olhe no espelho e diga “Eu te agradeço por ter me trazido até aqui, te agradeço por todas as vezes que foi forte, pelos aprendizados, eu te agradeço e honro a esta história, eu te amo e te aceito, eu aceito agora que posso vibrar na gratidão e ter uma vida saudável, integra e completa, porque eu aceito que mereço”

Você precisa ser grato a si mesmo, por sua história de vida, por que ser quem é, aprender que o amor nasce de dentro pra fora.

E se trata exatamente disto, aceitar que você merece viver algo extraordinário, porque é uma criança amada por Deus, e o amoroso Deus cuida de você o tempo todo, talvez em algum momento você tenha parado de compreender isto, mas te convido a fazer as pazes com o espelho, com sua alma, com seu coração e com a vida! AGRADEÇA…………..E SURPREENDA-SE……..

Nada muda se você continuar igual”

Abraço com perfume do Sândalo…..

Mari Santana

cropped-5122.jpg

Na sala de aula

O que te motiva a viver? O que é felicidade para você?

 

pexels-photo-214574

Eis um tema que amo levar para sala de aula, meus alunos geralmente tem a faixa etária entre 18 e 50 anos, muitos estão mudando de profissão, outros ainda não sabem exatamente o caminho que querem trilhar, ainda temos aqueles que se qualificam para realizar trabalhos voluntários, uma coisa é comum a todos, o entusiasmo por algo novo, a sede de conhecimento, claro, um ou outro nem sabe o que realmente quer, nem tem aquela sede de aprender rsr, mas até mesmo estes tem alguma motivação, que os faz se dirigir até o curso e seguir até o final.

Realizo a cada início de turma uma aula somente sobre motivação, onde o tema central não é a qualificação profissional, nem o mercado de trabalho, lanço então para eles o seguinte questionamento: O que te motiva a viver? O que é felicidade para você?

Muito interessante que em um primeiro momento eles ficam olhando para o nada, pensando em uma resposta que pensam não ter ainda, ouço muitas vezes: – Ah profe não sei responder isto, nunca parei para pensar. Alguns falam: – Não entendi o que tem haver com o curso rsrs. Temos a tendência a não querer pensar em questões complexas, especialmente quando ainda não são resolvidas em nosso emocional.

Ao longo dos anos ouvi as mais diferentes respostas: Família, marido, ah meus filhos, não sei, minha mãe, conquistar meus sonhos, felicidade não existe, não nasci para ser feliz, Deus, fé…. enfim, a grande maioria tem motivação em outras pessoas, em realizações, mas ainda não sabem o que os motivaria individualmente.

A segunda pergunta também se mostra bastante difícil, e invariavelmente temos uma grande demora para encontrar a resposta: momentos felizes, oi?? felicidade? brincam alguns. É inerente ao ser humano a busca incessante por felicidade, todos os dias desde que acordamos até o anoitecer, estamos em busca de momentos de felicidade, mas como esta busca se dá de forma inconsciente na maioria do tempo, vamos vivendo no automático, sem entender o que é a tal felicidade que nos move, muitas vezes encontramos com ela e nem percebemos, por não saber identificar.

Por muitos anos eu entendia que a minha motivação eram meus filhos e família, ainda são claro, porém após um grave problema de saúde que me levou a quase morrer, percebi que precisava de algo a mais que me motivasse, pois necessitamos ter sonhos que nos impulsionem, talvez você me diga que ver seus filhos felizes, se realizando, sendo felizes é a sua motivação central, ok! Mas e quando seus filhos se casarem? Forem para outro estado ou ainda para outro país? Quantos pais entram em depressão profunda devido a síndrome de ninho vazio quando o filho sai de casa para alçar voo sozinho.

Já acompanhei histórias de mães que fizeram de tudo para que seus filhos voltassem para casa, para suprir aquele vazio, inclusive interferindo no casamento, outros pais que sustentaram seus filhos até a meia idade, com o receio de que eles fossem cuidar de suas vidas deixando o temido vazio no lugar. Seja por um motivo ou outro, se a motivação que tivermos para viver estiver em outra pessoa, quando ela não estiver mais conosco, já não teremos mais ao que nos apegar, e este vazio pode nos levar inclusive ao extremo de considerar que viver não vale a pena.

Considero felicidade algo subjetivo, de fato é algo particular em que cada pessoa se identifica com ela a sua maneira, para mim ela esta ligada a simplicidade de uma respiração consciente, a momentos de gargalhada com minha filha, ou ainda de momentos de reflexão com meu filho nerd lindo, também considero felicidade aquele instante de calmaria, após um dia exaustivo de trabalho quando me recosto nos braços do meu companheiro, ah o cafezinho da minha mãe, o bate papo com meus irmãos…

Seja simples ou complexo, cada um de nós é um mundo particular repleto de infinitas possibilidades, deixo aqui esta reflexão para seu dia, há quanto tempo você não faz algo que gosta simplesmente porque VOCÊ gosta, há quanto tempo você não SE levou ao cinema ou ainda para passear naquele lugar que gostava tanto de ir, coisas simples que você deve fazer por si mesmo por que você merece e porque é muito importante.

Lembre-se, no dia que sua vida se acabar (sem dramas, isto vai acontecer a todos nós), o que terá feito por si mesmo? O quanto terá se acolhido e se amado? Todos que você ama continuaram suas vidas, seus sonhos e motivações, buscando a tão sonhada felicidade.

Portanto reflita:

O que te motiva a viver?  O que é felicidade para você? 

Finalizo com esta reflexão e esta linda Música!

Grande abraço, Mari…….Siga Transfomando.