Meu trabalho, Na sala de aula, Terapia Integrativa

A dor de não sentir dor……

” A vida é difícil”

“Não é bem assim…..”

“É matar um leão por dia……”

“Tadinho claro que vai chorar, nascer não é fácil, ainda mais neste mundo horrível…..”

Nem dá tempo de nascer direito e já começamos ouvir coisas assim, lembro de quando estava internada para ter meu filho, quando uma colega de quarto falava, – “ai não aguento mais de dor, mas dá uma dó de deixar nascer para ver este mundo terrível do jeito que está, mal nasce já tem conta pra pagar….. não é fácil viver…..”.

Fico me perguntando hoje que tenho estudado tanto sobre as emoções, quais as memórias e padrões uma frase assim imprimem na criança antes mesmo de nascer, e mais, quanto tempo da vida dele irá demorar para ressignificar isto, pior é pensar na possibilidade de ao longo da vida precisar “vivenciar” na prática, o que será produzido por estes padrões limitantes.

Traumas, dores, constantes frustrações, e cada dia mais cedo vamos perdendo nossa essência, o impacto da vida familiar desestruturada, pessoas sedentas de algo que ainda não sabem o que é exatamente. Cada vez mais perdidos, vazios………………….. já não sentem mais.

Me despertou a atenção uma frase em particular que ouvi de um aluno em uma instituição em que palestrei outro dia, o tema era “Equilíbrio Emocional”, após por quase uma hora falando sobre as emoções, como transitamos entre elas, como elas interferem em nosso dia a dia se desequilibradas, medo, ira, alegria e tristeza. Abri então o espaço para perguntas, quão grande minha surpresa, quando ele me disse: – “Mari, e quando não sentimos nada? E quando não dói, mas também não há alegria? Eu não sinto nada.

Não sentir também é sentir, mas em outro nível, é como se anestesiasse uma dor para que não seja olhada mais de perto, parece sem sentido, mas em um outro relato certa vez um paciente me disse que a sua mair dor era não sentir dor, compaixão, alegria ou sequer vontade de rir ou chorar, é como se ele andasse vagando pela vida sem fazer parte dela.

Buscando mais profundamente, encontramos um bloqueio na morte da sua irmã, anos atrás, uma pessoa muito próxima, querida e que ele tinha como sua grande referência, foi ali naquele momento que ele entendeu que não deveria mais “se permitir, sentir nada que o ferisse tanto assim novamente”, bingo, encontramos o momento em que a “anestesia” foi aplicada no seu emocional; Então com técnicas de PNL e Hipnose e um trabalho de ressignificação de memórias foi possível em um dia comum de consulta, em um papo mais descontraído vê-lo gargalhar, e dizer “nossa, nunca ri tanto”, haviam lágrimas nos olhos de rir e de emoção, ele agora “sentia” novamente.



Sentir medo faz com que nosso instinto de proteção e preservação seja ativado. Sentir alegria faz com que possamos nos sentir recompensados por tudo que buscamos, traz satisfação e sentido para nossa vida. Sentir nojo nos faz ter cuidado. Sentir tristeza nos faz jogar para fora dores guardadas, lágrimas lavam nossos olhos e jogam toxinas nocivas ao nosso organismo para fora de nosso corpo.

De fato as emoções equilibradas são fundamentais para a nossa saúde física, emocional, nos relacionamentos. Torna a vida mais leve. Então minha dica para você que parece já não sentir mais suas emoções e para você que as tem sentido de forma exagerada, é que busque se conhecer, tratar as dores guardadas na sua mente consciente e mesmo aquelas das quais você sequer tem conhecimento, isto mesmo, aquilo que você sente, mas que nem sabe o porque.

Os processos terapêuticos são grandes aliados do autoconhecimento, tenho a satisfação de poder ver com meus olhos transformações de vidas, após se permitirem passar pela terapia, PNL, Hipnose e Psicoaromaterapia são meus grandes aliados nesta missão de seguir transformando a minha e outras vidas.

Agende seu horário e se permita conhecer suas infinitas possibilidades.

Grande abraço com o perfume das flores e a alegria que você merece.

Mari Santana Coach & Terapia Integrativa

Dicas da Mari, Motivação, Renovando-se

EFT – Emotional Freedom Techniques – O equilíbrio na ponta dos dedos (tapping)

Hoje vamos falar de algo que tem afligido muitas pessoas, ansiedade, medo, tristeza, melancolia, mágoa, angústia e muitas outras emoções e sentimentos que quando não equilibrados nos causam problemas nos relacionamentos, dor de cabeça e muita dificuldade.

Esta maravilhosa técnica traz alívio rápido, equilíbrio e muito mais tranquilidade, além da facilidade de poder aplicar em um horário vago e ocupará no máximo 10 minutos do seu tempo. É um método de desbloqueio energético e emocional, simples e de fácil aplicação.

A história do EFT, conforme podemos acompanhar no site Equilíbrio Contínuo “remonta à medicina tradicional chinesa e à acupuntura. No entanto, a acupuntura tem a prática de tratar apenas problemas físicos. Foi apenas na década de sessenta do século passado que profissionais da saúde nos Estados Unidos começaram a investigar os benefícios da acupuntura para problemas psicológicos. Era o início da acupuntura emocional.

O Dr. Goodheart estudou a fundo a acupuntura e então a introduziu em um novo método que ele estava desenvolvendo chamado Cinesiologia Aplicada. Ele substituiu as agulhas por pressões dos dedos e viu que obtinha os mesmos resultados.

Já na década de setenta, o psiquiatra australiano John Diamond avançou ainda mais nos estudos, criando o que ele chamou de Cinesiologia Comportamental. Esse método usava auto-afirmações (frases ou pensamentos positivos) enquanto se estava aplicando os pontos da acupuntura, com o intuito de tratar problemas emocionais. Era o início do que mais tarde passou-se a chamar Psicologia Energética, que é a base da EFT.

Um psicólogo americano, Dr. Callahan, desenvolveu então um protocolo, ou uma estrutura fixa, para a aplicação nesses pontos dos meridianos. Isso já na década de oitenta.”

Tenho utilizado esta maravilhosa técnica no consultório desde o início da minha jornada como terapeuta, antes ainda, já obtive os incríveis resultados de equilíbrio emocional, tranquilizando a ansiedade e raiva que sentia em determinados momentos.

Deixo abaixo o link do vídeo que fiz para explicar de forma bem simples como funciona o passo a passo da técnica EFT – Acupuntura Emocional sem agulhas.

Segue abaixo o mapa do EFT para facilitar o seu aprendizado, realize a técnica, compartilhe comigo seus resultados, será incrível participar da sua jornada de transformação

pontos

Abraço com aroma de Laranja Doce…………. Mari Santana

Siga-nos no instagram: sigatransformando_

cropped-5122.jpg