Meu trabalho, Terapia Integrativa

A frustração nossa de cada dia….. Como vencer esta difícil sensação.

Quem nunca…….

Quantas vezes você ouviu um redondo NÃO, quantas foram as vezes que você muito empolgada(o) em alcançar um objetivo determinado acabou desanimando, se perdendo ou até desistindo por conta da tal frustração?!

Segundo Wikipédia Frustração é um estado emocional que acompanha a interrupção de um comportamento motivado, ou seja é um estado psíquico que resulta do bloqueio da motivação provocada por qualquer barreira que impede de alcançar um projeto ou um objectivo. As fontes da frustração podem ser internas ou externas.

Desde pequenos aprendemos a lidar com este estado emocional, somos estimulados pelo meio, na escola, família ou você não se lembra de quantas vezes na infância ou adolescência precisou lidar com esta frase “Você não é todo mundo!”, “A mãe não tem dinheiro”, “Você não pode”, enfim, passaríamos horas e horas falando de tantas frases que desde pequenos escutamos e que vem como verdadeira avalanche sobre nossos sonhos, desejos e vontades, por mais simples que estes fossem, como ir na casa de uma amiguinha por exemplo.

Era Dezembro de 1986, eu tinha 10 anos e já havia conhecido a dona frustração algumas vezes, questões familiares, financeiras, saúde, sim já havia acontecido bastante coisa rsrs, mas então veio aquela que marcaria minha infância e se tornaria algo para não se esquecer tão cedo……… a boneca bate palminha (nossa…. aff…….snif).

Sonhei com a tal bonequinha loirinha de olhos azuis que batia palminha “sozinha”, me via trocando roupinha nela, penteando os cabelos, lembro de sonhar que achava uma caixa com uma dentro abandonada na rua, outra vez que uma vizinha me dava de presente, palpitações constantes e bem bem pouca condição de realizar de fato o sonho.

O tempo passa então começamos a fazer planos futuros, imaginando que quando “crescer” não passaremos mais por tais dissabores. Mas lá vem os 18 anos e até antes disso já tivemos nossas primeiras desilusões amorosas, com amigos, afffff com a vida kkkkk.

Pensando que tudo melhoraria começamos sem querer repetir a frase “A vida é dura”, “nunca disse que seria fácil”, blá blá blá negativo não nos falta, tudo isso porque nosso foco e atenção está nela a danada, a malvada “frustração“.

Talvez você que esteja lendo este artigo pense como eu pensava tempos atrás que a frustração é um sentimento terrível, que faz imergir de dentro de nós os mais terríveis sentimentos e emoções, inveja, ira, nojo, raiva, rancor e desilusão.

Mas tenho uma boa notícia, esta mesma frustração que lhe fez sentir tão pequena(o) diversas vezes, pode se tornar um combustível fantástico para impulsionar seu autodesenvolvimento, seu crescimento pessoal, profissional e mais, ouso dizer que pode te fazer chegar mais rápido ao seu objetivo.

Ah ta! Mas como? Como se fosse simples assim!!! E é.

Vou deixar para você um rápido exercício que me ajudou muitas vezes a transformar a frustração e a raiva por necessidades não satisfeitas, por objetivos que pareciam inalcançáveis, em energia e motivação para chegar onde queria.

1- Pare de ter peninha de você – É isto mesmo, pare de mimimi, você não é a única pessoa sofredora do mundo e ficar reclamando não irá fazer com que se sinta melhor.

2- Preste atenção nos sinais – Sempre há indícios de que as coisas não irão acontecer exatamente como esperamos, aquele sentir interno, você sente um desconforto, uma sensação, olha quando você começa a “ler” e compreender o que seu corpo está te dizendo, evita e muito a probabilidade de se frustrar. É aquela frase “Nossa, parece que eu estava sentindo”, ou ainda “Tem algo errado, algo não está batendo”.

3- Retire aprendizados – De cada frustração que sofreu, olhe bem com carinho e paciência, quais foram os aprendizados que ajudaram você a ser melhor, mais cautelosa(o), talvez agir menos por impulso. Sempre há aprendizados em tudo que nos acontece, mas as coisas negativas, ahhhh estas são mestres em nos ensinar.

4- Olhe para frente, mas viva o momento presente – Saber onde se quer chegar é excelente, mas saber viver o momento atual de vida é imprescindível, é no aqui e agora que tudo acontece, não é lá no passado onde você se frustrou, nem no futuro onde você tem medo de se frustrar de novo, aqui e agora você define como será no futuro e o quanto o passado irá te segurar.

5- Quinta mas não menos importante, Respeite sua história – Pare de se culpar, pare de choramingar para um e para outro, tome todos os dias uma bela dose de desconfiômetro, e entenda ninguém resolverá nada por você, erga essa cabeça, acolha suas falhas, se perdoe e acredite que você pode ser muito melhor do que era ontem.

Estamos em constante evolução, cabe a nós aproveitar os aprendizados de nossa história para transformar em algo do que possamos nos orgulhar, ou nos tornarmos vítimas das nossas frustrações diárias, nos tornando rabujentas(os), inseguros e derrotados ao longo da nossa jornada.

A escolha é sua, assim como a vida é sua, todos os dias temos um mundo com infinitas possibilidades… Nossas escolhas definem nossos resultados.

Um abraço com o aroma acolhedor do Vetiver….. Mari Santana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s