Coaching e Desenvolvimento, Meu trabalho, Na sala de aula

Os Níveis Neurológicos

Nossa identidade é como o tronco de uma árvore, é o cerne de nosso ser. O tronco de uma árvore desenvolve-se organicamente a partir de uma semente, crescendo com o suporte de uma rede oculta de raízes que mergulham profundamente no solo, provendo força e nutrição. Existe uma rede de “raízes” que se orientam para a luz e o ar provendo outro tipo de nutrição, os galhos e folhas. As raízes e os galhos de uma árvore tanto moldam como são moldados pela ecologia a que pertencem.

De maneira similar, nossa identidade tem suporte em uma “rede” interna de nossos valores pessoais, crenças e capacidades, assim como nosso ser físico e o ambiente. Externamente a identidade é expressa através de nossa participação em um sistema mais amplo; nossa família, relacionamentos profissionais, comunidade e o sistema global do qual somos membros. Fenômenos como “cura”, “alegria”, “compaixão”, “compromisso” e “amor” são os “frutos” do espírito manifestados através de nossa identidade e são expressos e fortalecidos através do desenvolvimento, enriquecimento e crescimento destes dois sistemas de “raízes” – o sistema oculto de nossa neurologia que se desenvolve no solo de nosso corpo, e os galhos e folhas mais amplas de nossa família, comunidade e o sistema global do qual somos parte.

De acordo com a PNL a combinação desta várias dimensões de nossa experiência subjetiva são incorporadas na forma de circuitos neurológicos que podem ser ativados e mobilizados através de padrões de linguagem, estratégias cognitivas e padrões fisiológicos.

Níveis neurológicos são úteis para o estabelecimento de objetivos e resultados. Você pode especificar resultados por:

  • Tipo de ambiente que deseja
  • Como deseja agir
  • Habilidades que deseja
  • Atitudes e crenças que deseja adotar
  • Tipo de pessoa que deseja ser

O próprio pensamento de resultado é uma habilidade ou capacidade, uma abordagem que você adota em todas as decisões que tomar.

Pensamento de resultados se alinha com as suas crenças e valores quando você vê o quão bem funciona e quando se torna um princípio importante em sua vida.

O pensamento de resultado alcança o nível de identidade, quando você se torna o tipo de pessoa que anda em direção aquilo que deseja na vida em vez de deixar isso ao acaso ou para que os outros decidam.

A LINGUAGEM DOS NÍVEIS NEUROLÓGICOS

É possível saber em qual nível uma pessoa está pensando ouvindo as palavras que usa. É possível, por exemplo, mapear todos os cinco níveis usando uma só sentença:

“Eu não posso fazer isso aqui”

Quando o “Eu” é enfatizado, é uma declaração de identidade; “Eu não posso fazer isso aqui”.

Quando o “não posso” é enfatizado, é uma declaração de crença; “Eu não posso fazer isso aqui”.

Quando “fazer” é enfatizado, é uma declaração de capacidade; “Eu não posso fazer isso aqui”.

Quando “isso” é enfatizado, é uma declaração de comportamento; “Eu não posso fazer isso aqui”.

Quando “aqui” é enfatizado, é uma declaração de ambiente; “Eu não posso fazer isso aqui“.

Eis alguns exemplos de declarações que mostram claramente o nível a que se referem:

Identidade: “Sou um bom gerente” Crença: “Fazer terapia me ajudou muito na minha vida” Capacidade: “Tenho excelentes habilidades em comunicação” Comportamento: “Fui mal naquela avaliação”

Confundir níveis neurológicos causa muitos problemas. O problema mais importante é a confusão entre comportamento e identidade. Crianças e adolescentes ouvem com frequência. “Você é mau”, “Você é difícil” (declarações de identidade), quando fazem algo errado (comportamento). Consequentemente, muitas pessoas acreditam que são o que fazem e se julgam de acordo. Mas cada um de nós é uma pessoa capaz de fazer coisas e nem todos serão aprovadas pelos outros.

A constante busca por aprovação, tem feito com que crianças, jovens e adultos, se desconectem de suas essências, se percam de suas identidades e acabem se auto rotulando como pessoas sem capacidades, imprestáveis e cuja vida não tem sentido, daí percebemos o assustador índice de suicídios, violência, pessoas desesperadas que não se conhecem ou reconhecem, mas que estão sedentas por reconhecimento alheio, ainda que da maneira mais drástica ou negativa.

Níveis neurológicos separam o ato da pessoa!! Você não é o seu comportamento.

fonte: Instituto de bem com a vida – Apost. Master em PNL – 2018

Mari Santana – Terapia integrativa & Coach

Falar comigo? Clique aqui



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s