Dicas da Mari, Motivação

Congruência e realização pessoal

woman-865021_640Congruência: Conformidade, Concordância, Harmonia

Vivemos tempos de grande consumismo, estava outro dia observando os programas de televisão, num contexto quase que geral o intuito é vender, te fazer consumir algo, que você acha que precisa, por um preço que você acaba achando justo, para uma finalidade que talvez você considere que seja importante.

De geração em geração nascemos e crescemos repletos de vontades e desejos que nem sabemos ao certo de onde vem, sendo programados desde o ventre materno para consumir, adquirir, ter, obter, mostrar. Nesta avalanche de informações, estamos como que em um super mercado repleto de muitas coisas lindas, embalagens atrativas, aromas irresistíveis, texturas, tendências, que causam em nosso emocional um impacto certeiro, “eu preciso disto, quero aquilo, vou ter”.

Na ansiedade de obter, nossa sociedade está programada de certa maneira para viver  constante incongruência em sua jornada. No âmbito profissional, vê-se obrigado a buscar uma formação rentável, um título que lhe garanta o status, antes mesmo de saber o que gostam de fazer ou testar suas aptidões, observo jovens buscando nos informativos da internet qual a profissão em alta, e qual valor de renda que é possível alcançar com tal formação, deixando de lado tantas observações importantes que fariam diferença para uma escolha assertiva.

Por outro lado na vida pessoal, relacionamentos, etc… muitas vezes nos prendemos a padrões do tipo “o que os outros irão pensar?”, “sem esta pessoa não sei viver”, “e se eu perder?”, criando neste caso também uma rede de relacionamentos desgastantes e sabotadores, que podem levar o emocional a uma séria crise. Muitos estão frustrados, vivendo relações doentias, em que não gostariam mais de estar, não se permitindo uma mudança.

O índice de stress no trabalho é altíssimo, segundo estudo realizado pela Universidade de Harvard, revelou que trabalhar em ambientes estressantes e sob muita tensão pode aumentar em 70% o risco de um infarto e em 40% de outro evento cardiovascular. Ou seja muitos indivíduos trabalham somente pela renda financeira proporcionada pelo trabalho que realizam. Trazendo para a vida pessoal,

Seja em qual for a área em que você não esteja sendo congruente, posso afirmar que o preço tem sido caro demais para valer a pena pagar, queremos e merecemos ser felizes, completos, realizados, mas por onde começar?

Seguem 5 dicas preciosas:

  1. Conheça suas habilidades, capacidades, talentos –  Realize testes vocacionais , neste link você encontrará um teste rápido e gratuito, que já lhe mostrará habilidades, pontos fortes e limitações, o que ajudará você a reconhecer a carreira que melhor se adapta ao seu perfil (independente da idade, nunca é tarde para recomeçar), também ajudará na analise sobre sua vida, afinal será que você se conhece?
  2. Faça uma lista positiva – Isto mesmo, uma lista de tudo que você gosta de fazer, o que te faz feliz, que te deixa leve e bem, algo muito importante para ser avaliado quando buscamos a congruência, a harmonia, é entender o que temos feito por nós que esta de acordo com nosso interior, o que nos deixa bem? Lembre-se temos valores essenciais que se não considerarmos em nossas escolhas, corremos o risco de perder a nossa harmonia emocional.
  3. Faça a lista negativa – O que você tem feito, que vai contra o seu querer e o seu sentir? Sabe quando fazemos uma coisa, pensando em fazer outra, e sentindo outra? Isto é incongruência, é como se sua mente fosse para um lado, seu corpo para outro e seu coração para outro. Esta lista é um sinal claro de alerta, ou seja, coisas que devem ser deixadas, ou replanejadas. A incongruência traz desânimo, insatisfação, frustração, e o famoso fazer por obrigação.
  4. Baseado nas duas listas anteriores e no tópico 1, pondere qual  novo direcionamento você poderia dar para sua carreira, relacionamentos, estudos enfim, o que precisa ser mudado ou ainda acrescentado, para que você sinta-se em harmonia e com coerência entre seu sentir, querer e realizar.
  5. Respire profundamente, acalme sua mente e coração, conecte-se com sua fé e pense em uma nova estratégia, sem pressa, aos poucos, coloque no papel a meta que deseja alcançar neste aspecto, e sobre tudo seja fiel a você, comprometa-se com o resultado.

Cuidando da harmonia do seu ser, você estará mais conectado consigo, com sua fé, com seus objetivos e será mais feliz. Será congruente.

“A harmonia é o ponto mais alto da paz.” (anônimo)

Grande abraço,

Mari,

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s